Copa do Nordeste

Sampaio Corrêa decepciona e sofre goleada do Ceará em estreia no Nordestão

Atual campeão, Tricolor não fez uma boa atuação e foi dominado pelo Alvinegro.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte17/01/2019 às 22h07
Sampaio Corrêa decepciona e sofre goleada do Ceará em estreia no NordestãoO Ceará goleou o Sampaio Corrêa na Arena Castelão. (Felipe Santos / Ceará SC)

FORTALEZA – Atual campeão da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa não iniciou bem a defesa de seu título e viveu um pesadelo na noite desta quinta-feira (17). Diante do Ceará, um dos quatro representantes nordestinos na elite do futebol brasileiro, a Bolívia Querida vivia a expectativa de fazer um jogo equilibrado na abertura da temporada, mas a esperança virou uma grande decepção em 90 minutos: sem oferecer perigo ao gol alvinegro, o Sampaio foi presa fácil para os donos da casa, que fizeram um segundo tempo impecável e carimbaram a faixa tricolor com uma goleada por 5 a 0, para delírio da torcida na Arena Castelão. Foi a pior derrota da história do time maranhense no Nordestão.

Esperando o Ceará e apostando nos contra-ataques, o Sampaio Corrêa tentou equilibrar as ações no primeiro tempo, mas a superioridade alvinegra era nítida e foi confirmada ainda no primeiro tempo, com um belo gol de Felipe, aos 42 minutos. Na etapa final, diante de um Tricolor sem criatividade no ataque, o Vovô manteve a pressão no ataque e encaminhou a vitória com gols de Vitor Feijão, aos sete minutos, e Ricardinho, aos 17. Ricardo Bueno, aos 43 e 46 minutos, transformou o triunfo do Ceará em goleada e aumentou a tristeza da torcida do Sampaio.

Com a goleada diante de seu torcedor, o Ceará assumiu a liderança isolada do Grupo B da Copa do Nordeste, tendo os mesmos três pontos do ABC, mas levando ampla vantagem no saldo de gols. Já o Sampaio Corrêa, sem pontos, está na última colocação do Grupo A. Nesta edição do Nordestão, os times do Grupo A enfrentam as equipes do Grupo B.

Depois da decepção na estreia da Copa do Nordeste, o Sampaio Corrêa terá três dias para se recuperar e iniciar a disputa do Campeonato Maranhense. Neste domingo (20), às 16h, o Tricolor enfrenta o São José de Ribamar, no Estádio Castelão, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Ceará, por sua vez, volta a campo pelo Nordestão no próximo sábado (26), às 18h30, diante do CRB, no Rei Pelé.

O jogo

Apostando no esquema tático utilizado durante toda a pré-temporada, com três zagueiros, o Sampaio Corrêa esperou o Ceará no campo de defesa, esperando pelos espaços do adversário para contra-golpear. O Alvinegro, por sua vez, foi ao ataque e iniciou a pressão: aos sete minutos, Ricardinho fez um lançamento em profundidade para Vitor Feijão, que passou pelos zagueiros tricolores, mas parou em uma saída corajosa do goleiro Rodrigo Santos, atento para fazer a defesa.

Enquanto o Sampaio Corrêa sofria para chegar ao ataque, o Ceará trocava passes com tranquilidade e criava suas chances de gol. Aos 21 minutos, Ricardo Bueno arriscou de longe, e a bola tirou tinta da trave tricolor. A resposta do Sampaio veio aos 29, com Maxuell Samurai, que recebeu passe na esquerda e chutou forte, para defesa do bem posicionado Diogo Silva.

Depois dessa tentativa, porém, o Sampaio Corrêa voltou para o campo de defesa, tentando segurar as investidas do Ceará. Ricardinho, aos 31 minutos, arriscou da entrada da área e quase abriu o placar para os donos da casa. De tanto insistir, o Alvinegro foi premiado aos 42: após receber passe de Juninho na ponta direita, Felipe deixou Rômulo no chão com um drible, chutou forte, acertou o ângulo de Rodrigo Santos e marcou um belo gol na Arena Castelão.

Ceará aproveita espaços e confirma goleada na etapa final

Com a entrada de Bruninho no lugar de Salatiel, o Sampaio Corrêa sinalizou que não ficaria apenas na defesa durante o segundo tempo. E logo no primeiro minuto, o Tricolor teve uma boa chance: Cleitinho cobrou falta, a bola passou com perigo pela área do Ceará, mas os atacantes do Tubarão não conseguiram a conclusão para o gol. O susto foi o suficiente para acordar o Alvinegro, que ampliou a vantagem aos seis minutos, com Vitor Feijão, que aproveitou cruzamento de Samuel Xavier, se antecipou aos zagueiros e fez o desvio para o gol.

O segundo gol do Ceará fez o Sampaio Corrêa mudar de vez a estratégia e avançar mais as suas linhas, mas, além de encontrar dificuldade para avançar, o Tubarão deixou espaços na defesa. O Ceará aproveitou a situação e encaminhou a vitória aos 17 minutos: após lançamento de Edinho, Ricardinho ganhou a disputa na zaga do Sampaio e bateu por baixo de Rodrigo Santos, marcando o terceiro gol do Vovô.

Com a vitória encaminhada, o Ceará diminuiu o ritmo, e o Sampaio Corrêa quase diminuiu o prejuízo. Aos 27, Edgar fez o passe para Rômulo, que chutou forte e levou perigo ao gol dos donos da casa. Já na reta final de partida, Ricardo Bueno transformou a vitória do Vovô em goleada, com gols aos 43, após sobra de bola na defesa do Sampaio, e aos 46, de peixinho, aproveitando cruzamento de Rick.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Juninho, Ricardinho (Matheus Matias) e Felipe (Rick); Vitor Feijão (Chico) e Ricardo Bueno. Treinador: Lisca

SAMPAIO CORRÊA: Rodrigo Santos; Rafhael, Moisés e Wanderson; Talisson, João Felipe (Eloir), Dedé, Cleitinho (Edgar) e Rômulo; Salatiel (Bruninho) e Maxuell Samurai. Treinador: Flávio Araújo

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.