Basquete

Liga de Basquetebol Maranhense será lançada oficialmente nesta sexta-feira (7)

A Liga pretende levar a prática da modalidade para bairros, comunidades e associações.
Imirante Esporte, com informações da Assessoria05/12/2018 às 20h01
Liga de Basquetebol Maranhense será lançada oficialmente nesta sexta-feira (7)Divulgação

SÃO LUÍS - Um novo caminho para desenvolver o basquete no Estado do Maranhão. É com este pensamento que a Liga de Basquetebol Maranhense (LBM) foi recentemente criada. A nova entidade entra no cenário do esporte maranhense com a proposta de levar a prática da modalidade para bairros, comunidades e associações, não se esquecendo da fomentação do basquete em cadeira de rodas. A apresentação oficial da LBM será realizada nesta sexta-feira (7), às 19h30, no Hotel Praia Mar, na Ponta d’Areia.

O presidente da LBM, Tito Nicolau, disse estar ansioso para pôr em prática os projetos traçados pela nova entidade que, segundo ele, beneficiará o basquete maranhense em todos os sentidos. Segundo Tito, a ideia da criação da liga surgiu há algum tempo, mas só agora conseguiu pôr em prática este sonho antigo.

“Nossa intenção com a criação desta liga não é bater de frente com a federação. Nossa intenção é levar o basquete para onde hoje não tem. Vamos trabalhar nos bairros, nas comunidades, associações e com os cadeirantes”, explicou o presidente da LBM.

No evento desta sexta-feira, a LBM irá anunciar a sua estrutura administrativa, além de apresentar o cronograma de atividades programadas para o ano de 2019.

“Esperamos mais desenvolvimento para o basquete. Todo mundo sabe que eu sempre fui um apaixonado por basquete. Eu fui atleta, árbitro, diretor técnico da federação, fui representante da LBF [Liga de Basquete Feminino] dois anos seguidos. Espero ajudar ainda mais no desenvolvimento do nosso basquete”, explicou o presidente da LBM.

Capacitação

Ainda de acordo com programação da LBM para 2019 está a realização de cursos de capacitação para árbitros e técnicos. A iniciativa visa aprimorar o conhecimento dos profissionais que trabalham com o basquete no Maranhão. Os simpósios de técnicos e de arbitragem deverão ocorrer no segundo semestre.

Outro importante projeto que a Liga de Basquetebol Maranhense também visa pôr em prática é o da criação de uma escolinha de basquete para crianças. “Precisamos incentivar a criança a praticar basquete para que o esporte sempre se renove”, concluiu Tito Nicolau.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.