Campeonato Brasileiro Série B

No último jogo em casa na temporada, Sampaio Corrêa bate o Boa Esporte

Diante do lanterna da Segundona, Tricolor conquistou a segunda vitória consecutiva.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte17/11/2018 às 18h25
No último jogo em casa na temporada, Sampaio Corrêa bate o Boa EsporteSampaio Corrêa derrotou o Boa Esporte no Castelão. (Lucas Almeida / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS – Diante de apenas 490 torcedores pagantes, o Sampaio Corrêa disputou, na tarde deste sábado (17), a sua última partida como mandante na temporada, diante do Boa Esporte, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. Mesmo já rebaixado e com o Estádio Castelão praticamente vazio, o Tubarão não se abateu, mostrou superioridade e derrotou a equipe de Varginha por 1 a 0. Foi a segunda vitória consecutiva da Bolívia Querida na reta final da Segundona.

O Sampaio Corrêa precisou de apenas um minuto para abrir o placar no Estádio Castelão: após ser derrubado por Caíque na grande área, Uilliam foi para a cobrança do pênalti, parou em grande defesa de Igor Rayan, mas aproveitou o rebote e balançou as redes para o Tubarão. Depois disso, o Sampaio segurou as ações ofensivas do Boa Esporte e criou algumas oportunidades de gol, sem sucesso.

Com a segunda vitória consecutiva, o Sampaio Corrêa chegou aos 38 pontos em 37 rodadas e confirmou a 18ª colocação na Série B, já que não pode mais ser ultrapassado pelo vice-lanterna Juventude e está a cinco pontos do Paysandu, que está uma posição acima. Já o Boa Esporte, com apenas 27 pontos, não tem mais chances de sair da última colocação da competição nacional.

Rebaixados, Sampaio Corrêa e Boa Esporte se despedem da Série B em duelos que serão disputados no próximo sábado (24), a partir das 16h (horário de São Luís). Enquanto a Bolívia Querida encara o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte, o Boa Esporte recebe o Oeste no Estádio Municipal de Varginha.

O jogo

O Sampaio Corrêa precisou de pouco tempo para fazer a alegria dos poucos torcedores que compareceram ao Castelão. Logo no primeiro minuto de jogo, Uilliam interceptou passe do goleiro Igor Rayan, invadiu a grande área e foi derrubado por Caíque. O camisa 9 do Tricolor desperdiçou o pênalti, defendido por Igor Rayan, mas aproveitou o rebote e abriu o placar. A resposta do Boa Esporte veio aos 14 minutos, com Bruno Tubarão, que recebeu passe de Kaio Cristian e chutou, para defesa tranquila de Busatto.

Mesmo sem muitos objetivos na partida, Sampaio Corrêa e Boa Esporte não se limitaram a trocar passes e foram ao campo de ataque. Aos 19 minutos, Bruno Tubarão fez um cruzamento para a grande área e encontrou Alyson, que chutou forte e obrigou Busatto a fazer grande defesa, evitando o empate do Boa Esporte. O Sampaio também chegou com perigo aos 23: após cruzamento de Misael, a zaga do Boa afastou errado, e Fernando Sobral bateu forte, tirando tinta da trave direita de Igor Rayan.

Depois da parada para hidratação dos atletas, o jogo apresentou uma queda de rendimento, com as defesas anulando os ataques. O Boa Esporte, entretanto, ainda teve mais uma chance de empatar o jogo: aos 45 minutos, Kaio Cristian recebeu a bola na ponta direita, passou por dois marcadores do Sampaio e chutou por cima do gol de Busatto.

Sampaio segura a vitória em segundo tempo morno

Em busca do empate, o Boa Esporte começou melhor no segundo tempo, enquanto o Sampaio Corrêa ainda procurava seu melhor ritmo. Aos três minutos, William Barbio foi lançado, driblou Maracás e chutou em cima de Busatto, que saiu bem do gol e evitou o empate da equipe de Varginha.

Com o passar do tempo, o Sampaio Corrêa voltou a dominar a partida, enquanto o Boa Esporte não apresentava maior resistência. Uilliam, aos 22 minutos, chutou da entrada da área, e Igor Rayan, bem posicionado, segurou firme e evitou o segundo gol da equipe maranhense. Cinco minutos depois, Bruninho fez grande jogada pela ponta esquerda, mas errou o passe para Uilliam.

Como o Boa Esporte não ensaiava qualquer pressão, o time do Sampaio Corrêa apenas valorizou a posse de bola na reta final de partida no Castelão. Apesar da tranquilidade, o Tubarão ainda teve mais uma oportunidade de ampliar o placar aos 43 minutos, com Bruninho, que recebeu na grande área e arriscou o chute, que foi para fora. O lance, entretanto, não fez falta para o Sampaio, que garantiu a vitória no último jogo diante de seu torcedor em 2018.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Busatto; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Julinho; Diego Silva, Fernando Sobral e Danielzinho (Eloir); Mateusinho (Bruninho), Misael (Adílson Goiano) e Uilliam. Treinador: Marcinho Guerreiro

BOA ESPORTE: Igor Rayan; Djavan, Caíque, Luan e Alyson (Daniel Cruz); Cloves (PH), Thallyson (Aldo), Machado e Bruno Tubarão; Kaio Cristian e William Barbio. Treinador: Tuca Guimarães

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.