Série B

Sampaio Corrêa constrói vantagem no primeiro tempo e vence o Oeste

Em tarde inspirada do atacante Bruninho, o Tricolor não teve dificuldades para bater o Rubrão.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte09/06/2018 às 19h04
Sampaio Corrêa constrói vantagem no primeiro tempo e vence o OesteSampaio Corrêa derrotou o Oeste no Castelão. (Elias Auê / Sampaio Corrêa FC)

SÃO LUÍS – Após duas rodadas sem vitórias no Campeonato Brasileiro Série B, o Sampaio Corrêa recebeu o Oeste na tarde deste sábado (8), no Estádio Castelão, disposto a encerrar o jejum na competição nacional e se afastar da briga contra o rebaixamento. Contando com o apoio da torcida, a Bolívia Querida cumpriu os seus objetivos: com uma atuação segura, principalmente no primeiro tempo, o time maranhense furou a retranca do Rubrão, venceu por 2 a 0 e ganhou posições importantes na classificação da Segundona.

Leia também: Roberto Fonseca elogia primeiro tempo do Sampaio Corrêa e destaca vitória em casa

Diante de um rival em situação delicada na Série B e que apostou todas as suas fichas em uma forte marcação, o Sampaio Corrêa teve dificuldades no início de partida, mas contou com a estrela de Bruninho para conquistar a vitória no Castelão: o atacante marcou o primeiro gol aos 23 minutos, após assistência de Danielzinho, e fechou a vitória aos 27, com uma bela jogada individual e chute preciso de fora da área. Na etapa final, apesar de não ampliar a vantagem, o Sampaio manteve o domínio diante de um apático Oeste e confirmou a vitória sem sustos.

Com a vitória em casa, o Sampaio Corrêa chegou aos 14 pontos em 10 rodadas e assumiu temporariamente a 10ª colocação da Série B. Agora, a Bolívia Querida está a três pontos do G4 e a seis pontos de distância do Criciúma, primeira equipe na zona de rebaixamento da Segundona. Já o Oeste, que não vence há quatro partidas, permanece na 15ª posição da competição nacional, com 11 pontos.

Após duas partidas consecutivas como mandante, a equipe do Sampaio Corrêa volta a jogar fora de casa na próxima rodada da Série B: nesta terça-feira (12), às 20h30, o Tricolor encara o Figueirense, em duelo que será disputado no Estádio Orlando Scarpelli e terá transmissão ao vivo da rádio Mirante AM, além da cobertura completa do Imirante Esporte. O Oeste, por sua vez, recebe o Criciúma no próximo sábado (16), às 19h, na Arena Barueri.

O jogo

Os primeiros minutos de jogo no Castelão foram marcados pelo equilíbrio entre Sampaio Corrêa e Oeste. Empurrado pela torcida, o Tricolor até tomou a iniciativa e trocou passes no meio-campo, mas a marcação do Rubrão estava bem encaixada. Com dificuldades para chegar ao campo de ataque, o Sampaio só conseguiu finalizar aos 17 minutos, com Fernando Sobral, que arriscou de muito longe e não levou perigo ao gol do Oeste.

Aos poucos, o Sampaio Corrêa encaixou o seu jogo, dominou o Oeste e abriu vantagem no placar aos 23 minutos, com Bruninho, que recebeu passe em profundidade de Danielzinho, invadiu a grande área, chutou forte e acertou o ângulo esquerdo de Tadeu. Pouco depois, aos 27, Bruninho fez uma obra-prima no Castelão: após dominar a bola no meio-campo, o meia do Sampaio avançou, passou como quis por Lídio e acertou um belo chute de fora da área.

Como o Oeste não mudou a sua postura defensiva, mesmo com o prejuízo de dois gols, o Sampaio Corrêa diminuiu o ritmo e administrou a sua vantagem, valorizando a posse de bola. Apesar da tranquilidade em campo, a Bolívia Querida ainda chegava com perigo no campo de ataque: aos 38, Bruninho serviu Diego Silva, que chutou forte e obrigou Tadeu a fazer uma grande defesa.

Oeste tenta atacar, mas Sampaio Corrêa mantém domínio

Insatisfeito com o desempenho do Oeste, o técnico Roberto Cavalo fez duas mudanças no intervalo, trocando os volantes Betinho e Rodrigo Souza pelos atacantes Pedrinho e Claudinho. A intenção era de pressionar o Sampaio Corrêa, mas os visitantes deram mais espaços e permitiram os avanços do Tricolor. Aos quatro minutos, Bruninho chutou de longe, e Tadeu fez a defesa. O atacante teria mais uma chance aos sete, em uma bicicleta que quase foi parar nas redes do Rubrão. No minuto seguinte, Fernando Sobral avançou pela direita, chutou forte, e fez Tadeu trabalhar mais uma vez.

Pouco ameaçador, mesmo com as mudanças no intervalo, o Oeste perdeu a grande chance de diminuir o placar aos 15 minutos, com o zagueiro Leandro Amaro, que desperdiçou uma sobra de bola na pequena área e finalizou para fora. A resposta do Sampaio viria aos 22: após passe de Uilliam, Danielzinho chutou forte, e a bola passou por cima do gol do Oeste.

Nos minutos finais, o cenário da partida continuou o mesmo, com o Sampaio Corrêa valorizando a posse de bola e o Oeste sem forças para reagir. Apesar da satisfação com o resultado, a Bolívia Querida ainda teria uma última chance aos 42 minutos, com Wellington Rato, que chutou forte para defesa tranquila de Tadeu.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Willian Oliveira, Diego Silva, Fernando Sobral e Danielzinho (Rodrigo Fumaça); Bruninho (Wellington Rato) e Alexandro (Uilliam). Treinador: Roberto Fonseca

OESTE: Tadeu; Daniel Borges, Patrick, Leandro Amaro e Guilherme Romão; Lídio, Betinho (Claudinho), Rodrigo Souza (Pedrinho), Danielzinho e Mazinho; Bruno Lopes (Léo Artur). Treinador: Roberto Cavalo

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.