Liga de Basquete Feminino

A uma vitória do título, Sampaio Basquete encara o Vera Cruz

Quarta partida da final da LBF será nesta terça-feira (29), no Ginásio Castelinho.
Imirante Esporte, com informações da Assessoria28/05/2018 às 22h53
A uma vitória do título, Sampaio Basquete encara o Vera CruzPaulo de Tarso Jr / Sampaio Basquete

SÃO LUÍS - O Sampaio Basquete está muito próximo de conquistar seu segundo título da Liga de Basquete Feminino (LBF CAIXA). O time maranhense precisa de apenas uma vitória para repetir o desempenho de 2016, quando sagrou-se campeão da principal competição do basquete feminino. Nesta terça-feira (29), o time tricolor encara novamente o Vera Cruz Campinas, às 19h, no Ginásio Castelinho e, se vencer, fechará a série em 3 a 1 e soltará o grito de “é campeão” diante de sua torcida. Os ingressos para este jogo devem ser trocados por 1 kg de alimento não perecível nas bilheterias do Castelinho.

O time maranhense chega ao Jogo 4 da série final em uma situação muito boa. As comandadas do técnico Virgil Lopez mostraram ao longo dos duelos contra o Vera Cruz Campinas que estão em um grande momento na LBF CAIXA. Tanto que o Sampaio Basquete foi o único time a vencer a equipe paulista na temporada em duas ocasiões.

Após vencer o Jogo 3 em São Luís por 55 a 50, no último domingo (27), o Sampaio Basquete confirmou a quebra do mando de quadra do rival e coloca toda a pressão para o Vera Cruz Campinas, que precisa vencer o duelo desta terça-feira para forçar a realização do quinto e decisivo jogo em Campinas.

A tarefa do time paulista é ainda mais complicada devido à atmosfera criada pelo torcedor maranhense no Ginásio Castelinho. No Jogo 3, o ginásio da capital maranhense estava lotado, o que favoreceu o Sampaio Basquete a conseguir se impor dentro de quadra. A força do sexto jogador foi considerada o grande diferencial da partida anterior e como o time maranhense está a uma vitória de ser campeão, a expectativa é de casa cheia mais uma vez para o Jogo 4.

“Estamos a uma vitória do título, mas não está nada ganho. Temos que ter pés no chão e cabeça no lugar porque o último jogo é o mais difícil. Temos que agradecer todo o público que compareceu. Essa torcida é maravilhosa, ela nos empurrou quando estávamos mal ofensivamente. As meninas sentiram essa vibração, esse calor da torcida e conseguimos reverter a situação”, afirmou o técnico Virgil Lopez.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.