Campeonato Brasileiro Série B

Sampaio Corrêa é derrotado pelo Vila Nova no Serra Dourada

Tricolor continua sem pontuar como visitante nesta edição do Campeonato Brasileiro Série B.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte28/04/2018 às 18h30
Sampaio Corrêa é derrotado pelo Vila Nova no Serra Dourada

GOIÂNIA - O Sampaio Corrêa sofreu, na tarde deste sábado (28), a sua segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro Série B. Atuando mais uma vez como visitante, desta vez no Estádio Serra Dourada, a Bolívia Querida fez um jogo equilibrado contra o Vila Nova, mas sentiu o desgaste físico no segundo tempo, teve dificuldades para conter o jogo aéreo dos donos da casa e foi derrotado por 3 a 1.

Sentindo a forte marcação do Sampaio Corrêa, o Vila Nova só conseguiu abrir o placar em um lance de bola parada aos 36 minutos do primeiro tempo: após leve desvio de Elias, o zagueiro Diego Giaretta cobrou falta e acertou o canto direito de Andrey. O Tubarão empatou antes do intervalo, aos 46, com o lateral Bruno Moura, aproveitando falha do goleiro Mateus Pasinato em cobrança de falta de Danielzinho. Na etapa final, o Sampaio tentou controlar o jogo, mas o Vila se impôs e garantiu a vitória, com gols de Elias e Mateus Anderson, aos 31 e 34 minutos.

Com três vitórias, o Vila Nova é um dos quatro times com 100% de aproveitamento na Série B, ao lado de Fortaleza, Figueirense e Paysandu, mas ocupa a terceira colocação no saldo de gols. Já o Sampaio Corrêa, com três pontos em três rodadas, caiu para a 14ª posição da Segundona.

Após dois compromissos consecutivos como visitante pela Série B, o Sampaio Corrêa volta a jogar diante de seu torcedor na noite desta sexta-feira (4), às 19h15, contra o Paysandu, no Estádio Castelão, em duelo que terá transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. O Vila Nova, por sua vez, terá pela frente o clássico contra o Goiás no próximo sábado (5), às 16h30, no Serra Dourada.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Sampaio Corrêa tomou a iniciativa diante do Vila Nova. Logo aos três minutos, Carlão aproveitou cobrança de falta e fez o desvio de cabeça, para grande defesa de Mateus Pasinato. A resposta do Vila veio aos cinco minutos: após cruzamento de Maguinho, Keké desviou de cabeça para Mateus Anderson, que tentou o toque para o gol e tirou tinta da trave esquerda de Andrey.

O Vila Nova voltou a assustar o Sampaio Corrêa aos 15 minutos, com o volante Geovane, que aproveitou cobrança de falta de Mateus Anderson e cabeceou por cima do gol. Tentando impor seu ritmo de jogo no Serra Dourada, o Sampaio quase abriu o placar aos 27, com Bruninho, que aproveitou cobrança de lateral de Alyson e tentou a bicicleta, mas Mateus Pasinato fez a defesa.

Sem conseguir furar o bloqueio do Sampaio Corrêa com a bola rolando, o Vila Nova teve êxito em um lance de bola parada. Aos 36 minutos, em cobrança de falta ensaiada, Elias rolou a bola para Diego Giaretta, que chutou forte no canto direito, sem chances para Andrey. O Sampaio, entretanto, não sentiu o gol do Vila Nova e buscou o empate ainda no primeiro tempo: aos 46, Danielzinho cobrou falta, Mateus Pasinato não segurou, e Bruno Moura não perdoou o erro do goleiro do Tigre, deixando tudo igual no Serra Dourada.

Vila Nova insiste pelo alto e confirma vitória em casa

Na segunda etapa, a postura do jogo não mudou. Enquanto o Vila Nova trocava passes e procurava espaços, o Sampaio Corrêa apostava no erro do adversário e na transição rápida para o ataque. Apostando nos cruzamentos para a área, o Vila quase fez o segundo gol com Geovane, aos 11 minutos, mas Andrey estava atento e fez a defesa.

Disposto a pressionar o Vila Nova, o técnico Francisco Diá optou pela entrada do atacante Alvinho, herói contra o River, no Sampaio Corrêa. Com o ataque reforçado, o Bolivão quase virou o jogo aos 22 minutos, com Alyson, que desviou cruzamento para a grande área e forçou Mateus Pasinato a espalmar a bola para longe. A resposta do Vila veio aos 30: após sobra de escanteio, Mateus Anderson chutou forte, e Andrey fez a defesa.

Sem conseguir espaços através da troca de passes, o Vila Nova voltou a insistir no jogo aéreo, e essa insistência teve resultado aos 31 minutos. Após cobrança de escanteio de Alan Mineiro, Wesley Matos fez o desvio de cabeça e deixou Elias livre para marcar o segundo gol. Apenas três minutos depois, o Tigre confirmou a vitória com Mateus Anderson, que arriscou de longe e acertou o canto esquerdo de Andrey.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane, Wellington Reis, Elias (Moacir) e Mateus Anderson; Keké (Alan Mineiro) e Reis (Vinícius Leite). Treinador: Hemerson Maria

SAMPAIO CORRÊA: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson; Silva (Diego Silva), Willian Oliveira, Marlon e Danielzinho; Bruninho (Uilliam) e Carlão (Alvinho). Treinador: Francisco Diá

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.