Troféu Mirante Esporte

Troféu Mirante Esporte: vencedores destacam importância do evento

"Oscar do Esporte Maranhense" premiou destaques de 27 modalidades.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte26/01/2018 às 01h52
Julia Nina, eleita melhor atleta da Natação. (Foto: Paulo Soares / O ESTADO)

SÃO LUÍS - A 13ª edição do Troféu Mirante Esporte, realizada na noite desta quinta-feira (25), no Teatro Arthur Azevedo, mais uma vez valorizou e reconheceu o desempenho dos esportistas maranhenses. Em 2018, o “Oscar do Esporte Maranhense” premiou os destaques de 27 modalidades por seus desempenhos em 2017, além de eleger o atleta do ano na votação popular e no júri técnico.

Atleta do ano na edição anterior do Troféu Mirante, Júlia Nina conquistou o seu quinto prêmio como destaque da natação e disse que está confiante em uma boa temporada. “Estou feliz por ter conquistado mais um troféu e pelo reconhecimento, isso é fruto de muito trabalho. Esse ano está cheio de coisas boas, de competições. Temos muito trabalho pela frente”, frisou.

João Afro, vencedor no Automobilismo. (Foto: Paulo Soares / O ESTADO)

Vencedor do automobilismo, João Afro destacou a importância do Troféu Mirante Esporte. “Quando a gente entra em uma competição e consegue conquistar o título para o Maranhão, a gente sabe que, no começo do ano, tem essa premiação tão importante. Não é só ganhar o troféu, só a indicação já é algo bacana, todos os atletas são merecedores. Para quem não está entre os indicados, serve como incentivo, o troféu mostra que vale a pena a gente se dedicar”, destacou Afro.

Kassius Clay, premiado no basquete. (Foto: Paulo Soares / O ESTADO)

Atleta do Moto Club e eleito o destaque no basquete, Kassius Clay afirmou que o Troféu Mirante Esporte é a valorização pelo trabalho de muitos anos. “Ainda não estou acreditando, não acreditava nem que tinha sido indicado. O Troféu Mirante é uma forma de reconhecer o empenho, foram muitos treinos, muito tempo se dedicando ao máximo para chegar até aqui”, lembrou o atleta.

Dilson Pará, eleito melhor atleta do triatlo. (Foto: Paulo Soares / O ESTADO)

Já Dilson Pará, vencedor no triatlo, elogiou os demais companheiros do esporte que pratica e disse que o empenho deles valoriza ainda mais a conquista. “Os três indicados na minha modalidade são atletas que realmente mereceram a indicação, deve ter sido muito difícil decidir os melhores do ano. Como atleta e técnico, vejo que tem muitos atletas se dedicando ao máximo, o esporte e o nosso triatlo ganham muito com isso”, acredita Dilson.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.