Campeonato Maranhense

Com gol no fim, Sampaio Corrêa bate o Cordino no primeiro jogo da final

O Tricolor precisa de um empate na segunda partida para garantir o título estadual.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte15/06/2017 às 19h23

SÃO LUÍS - Na primeira partida da final do Campeonato Maranhense, disputada na tarde desta quinta-feira (15), no Estádio Castelão, o Sampaio Corrêa deu um importante passo em busca de seu 33º título estadual. Diante de um valente Cordino, que mostrou muita força na marcação, mesmo com muitos desfalques e apenas três jogadores no banco de reservas, a Bolívia Querida sofreu, mas garantiu a vitória por 2 a 1, com um gol marcado aos 50 minutos do segundo tempo.

Leia mais

Francisco Diá destaca valentia do Sampaio Corrêa: "demos um passo importante"

Eduardo Alves acredita no título do Cordino: "não somos azarões"

Com o apoio da torcida tricolor, o Sampaio Corrêa precisou de apenas oito minutos para abrir o placar no Castelão, com o atacante Isac, que aproveitou jogada de Esquerdinha e cabeceou para o gol. Na segunda etapa, o Cordino buscou o empate com Henrique, mas César Sampaio, nos acréscimos, confirmou o triunfo da Bolívia Querida em casa.

O segundo jogo entre Cordino e Sampaio Corrêa será disputado na próxima quinta-feira (22), às 20h15, no Estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte. Como tem a vantagem do empate no placar agregado, por ter melhor campanha na competição, a Onça de Barra do Corda conquista o primeiro título maranhense de sua história com uma vitória simples, enquanto o Tricolor, com a vitória na ida, leva o troféu com um empate ou novo triunfo em Imperatriz.

Antes de decidirem o Campeonato Maranhense, Sampaio Corrêa e Cordino terão compromissos importantes pelo Campeonato Brasileiro. Neste domingo (18), às 18h, no Estádio Presidente Vargas, a Bolívia Querida encara o Fortaleza, pela sexta rodada da Série C. A equipe de Barra do Corda também joga no domingo, mas às 16h, contra o Altos (PI), no Estádio Leandrão, em duelo da quinta rodada da primeira fase da Série D.

O jogo

Jogando em casa e precisando da vitória para reverter a vantagem do Cordino, o Sampaio Corrêa foi ao ataque e não demorou a abrir o placar. Aos oito minutos, Esquerdinha avançou e fez o cruzamento na medida para Isac, que desviou para o gol, sem chances para Eduardo Alves. Pouco depois, aos 14, Isac deu um passe na medida para Felipe Marques, que conseguiu a finalização e parou na grande defesa de Eduardo Alves, que tirou a bola em cima da linha.

Depois da pressão inicial, o Sampaio Corrêa continuou no campo de ataque, mas diminuiu o ritmo, limitando-se a trocar passes e procurar espaços na fechada defesa do Cordino. A Onça de Barra do Corda, por sua vez, assustava nos contragolpes e nas cobranças de falta: Bruno, aos 38 minutos, e Ulisses, aos 47, desperdiçaram as melhores chances do time visitante.

Cordino consegue empate, mas Sampaio garante vitória nos acréscimos

A etapa final no Castelão começou em um ritmo intenso. Logo aos dois minutos, Alison teve a chance do empate pelo Cordino, e Alex Alves salvou o Sampaio Corrêa. Aos quatro, foi a vez de Isac arriscar, para mais uma defesa de Eduardo Alves. Sentindo o momento favorável, o Cordino manteve o ritmo no campo de ataque e foi premiado por isso: aos seis minutos, Pedro Gusmão lançou Henrique, que não desperdiçou a oportunidade e deixou tudo igual na decisão.

Com o empate do Cordino, o Sampaio Corrêa intensificou a pressão no campo de ataque, mas encontrava dificuldades para passar pela marcação da equipe de Barra do Corda e cometia muitos erros no último passe, irritando a torcida tricolor.

Mesmo satisfeito com o empate, o Cordino desperdiçou, aos 39 minutos, uma grande oportunidade para virar o jogo. Após erro de Maracás, Ulisses ficou em ótimas condições para anotar o segundo gol da Onça, mas não aproveitou a chance. Melhor para o Sampaio, que manteve a pressão e garantiu a vitória aos 50 minutos, com César Sampaio, que aproveitou a sobra em um bate-rebate na grande área e marcou o gol do triunfo tricolor.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA: Alex Alves; Roniery, Fredson (Igor Fernandes), Maracás e Esquerdinha; César Sampaio, João Victor (Uilliam), Diego Valderrama, Hiltinho (Ricardo Maranhão) e Felipe Marques; Isac. T: Francisco Diá

CORDINO: Eduardo Alves; Lucas Costa, Bruno, Ferreira e Alef; Alison, Henrique (Lucas), Romero (Eder) e Ulisses; Jocivan e Pedro Gusmão. T: Marlon Cutrim

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.