Terceira Divisão

Em clássico pela Série C, Sampaio Corrêa derrota o Moto Club

Além de estrear com vitória, o Tricolor continua invicto em Superclássicos no ano.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte13/05/2017 às 18h05

SÃO LUÍS - De volta ao Campeonato Brasileiro Série C, depois de ficar na lanterna da Segunda Divisão em 2016, o Sampaio Corrêa conquistou um grande resultado em sua estreia na competição nacional. Em partida disputada na tarde deste sábado (13), no Estádio Castelão, a Bolívia Querida controlou as ações diante do rival Moto Club, venceu por 2 a 1 e chegou ao terceiro Superclássico sem derrota na temporada.

Leia mais

Francisco Diá elogia Sampaio Corrêa: "fizemos uma grande atuação"

Após derrota na estreia, Leston Junior alerta: "Moto precisa melhorar"

O Sampaio Corrêa precisou de 16 minutos para abrir o placar no clássico: após cruzamento de Esquerdinha, Márcio Arantes deu rebote, e Uilliam desviou para as redes. No restante da primeira etapa, o Moto Club pressionou e conseguiu o empate já nos acréscimos, com o meia Válber, após tabela com Junior Juazeiro. No primeiro minuto da etapa final, entretanto, o Sampaio confirmou a vitória no Superclássico, com um gol do zagueiro Maracás.

Únicas equipes a estrearem nesse sábado no Grupo A, Sampaio Corrêa e Moto Club estão em posições extremas. Enquanto o Tricolor, com três pontos, assumiu temporariamente a liderança da chave, o Papão ocupa a última colocação, mas essas posições só serão confirmadas no encerramento da rodada.

Na segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série C, o Sampaio Corrêa recebe o CSA, em partida que será disputada no próximo sábado (20), às 16h, no Estádio Castelão. O Moto Club, por sua vez, volta a campo no próximo domingo (21), também às 16h, contra o Salgueiro, no Estádio Cornélio de Barros.

O jogo

Em apenas 50 segundos, o Moto Club levantou a sua torcida no Estádio Castelão: após cruzamento de Tote, Toni Galego desviou para o gol, mas Fredson, bem posicionado, tirou a bola em cima da linha e salvou o Sampaio Corrêa. A resposta tricolor veio aos seis minutos, com Hiltinho, que aproveitou um erro da defesa do Moto e chutou para fora. Pouco depois, aos 16, o Sampaio conseguiu furar o bloqueio rubro-negro com Uilliam, que aproveitou o rebote de Márcio Arantes, após cruzamento de Esquerdinha, e abriu o placar no Castelão.

No prejuízo, o Moto Club foi ao ataque e quase conseguiu o empate aos 20 minutos, após Tote cobrar escanteio e Diogo cabecear firme, para fora. Com o Rubro-Negro no ataque, o Sampaio Corrêa passou a explorar os contragolpes, principalmente com Esquerdinha, que quase ampliou a vantagem aos 25 minutos, em jogada individual que terminou com uma finalização para fora.

Bem posicionado em campo, o Sampaio Corrêa tentou valorizar a posse de bola na reta final do primeiro tempo, enquanto o Moto Club lutava pelo empate. Quando a vantagem tricolor parecia definida, o Rubro-Negro mostrou a sua força: aos 46 minutos, Válber tabelou com Junior Juazeiro e empatou a partida, para delírio da torcida motense.

Sampaio marca "gol relâmpago" e confirma vitória no Superclássico

Com o empate no finalzinho do primeiro tempo, o Moto Club queria intensificar a pressão sobre o Sampaio Corrêa no início da etapa final, mas o Sampaio Corrêa frustrou os planos rubro-negros. Logo no primeiro minuto, Diego Silva recebeu passe em profundidade e jogou a bola para a grande área, onde o zagueiro Maracás, bem posicionado, conseguiu o toque e marcou o gol.

Mesmo pressionado pelo segundo gol do Sampaio Corrêa e com a entrada do meia Marcos Paulo, o Moto encontrou dificuldades para passar pelo bloqueio do Tubarão, que investia nos contragolpes. Aos 40, o Sampaio teve a grande chance para marcar o terceiro gol, com Marlon, que recebeu passe de Hiltinho e finalizou mal. Já aos 45, Marcos Paulo arriscou de longe, mas a bola foi para fora, para frustração da torcida rubro-negra e festa dos tricolores.

FICHA TÉCNICA

MOTO CLUB: Márcio Arantes; Tote, Michel, Laerte e Alex Cazumba; Felipe Dias, Diogo, Max Carrasco (Silvio), Válber e Toni Galego (Marcos Paulo); Júnior Juazeiro (Gênesis). T: Leston Junior

SAMPAIO CORRÊA: Alex Alves; Roniery, Fredson, Maracás e Esquerdinha; Diego Silva, Diego Valderrama (Zé Aquiraz), Marlon e Hiltinho; Uilliam (Felipe Marques) e Célio Mata-Boi (César Sampaio). T: Francisco Diá

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.