Basquete

Maranhão Basquete busca reabilitação contra o Brasília

Em quarto lugar na LBF, o MB quer voltar a vencer diante de sua torcida.
Paulo de Tarso Jr./Imirante Esporte06/02/2015 às 01h45

SÃO LUÍS - Sexta-feira (6) é dia de lotar o Ginásio Castelinho. Na quarta colocação na tabela da Liga de Basquete Feminino (LBF) – temporada 2014/15, o Maranhão Basquete volta à quadra na noite desta sexta-feira para enfrentar o Brasília/Basquetevizi, em São Luís. Para o time maranhense, somente a vitória interessa, principalmente após a derrota em casa para o Uninassau/América na rodada passada. A bola sobe às 20h para o duelo entre MB e Brasília/Basquetevizi.

Para o confronto desta sexta-feira, o Maranhão Basquete quer se reencontrar com a vitória e conseguir subir na tabela. E vencer o Brasília/Basquetevizi será ainda mais fundamental uma vez que a LBF irá ter um recesso após esta rodada devido o Carnaval.

“Na sexta-feira o torcedor pode esperar uma atuação melhor. A nossa equipe está crescendo a cada jogo, a cada passo, a cada degrau. A equipe de Brasília/Basquetevizi é uma boa possibilidade para reabilitarmos na tabela e para ir para o descanso de 20 dias bem colocados. Se ganharmos este jogo, vamos com mais tranquilidade para os próximos jogos”, comentou a técnica do MB, Lisdeivi Pompa.

Lisdeivi sabe que sua equipe ainda não está 100%, mas reconhece o esforço das jogadoras e de toda a comissão técnica para manter a evolução dentro de quadra a cada jogo. A técnica garante que o planejamento da equipe está dentro do esperado visando os playoffs da competição.

“Acho que o time ainda tem muito a dar. Ainda não exploramos completamente estas meninas porque o trabalho começou tarde, mas o planejamento que nós temos é finalizar o segundo turno no melhor da condição física. O time mudou a atitude muito. Nos inícios dos jogos já somos mais intensos e isso acontece mediante aos treinos que estamos fazendo”, disse.

Por ter começado a preparação para a LBF muito depois das demais equipes, o Maranhão Basquete ainda está em evolução tática e tecnicamente. Por este motivo, é necessário que as jogadoras entrem em quadra concentradas para superar qualquer tipo de adversidade.

“O time deve entrar concentrado porque o Brasília/Basquetevizi é uma equipe forte, mas temos que entrar unidas. Temos que trabalhar em equipe para comemorar uma vitória neste momento”, explicou a armadora cubana Gelis.

Torcedor é fundamental

Sexto jogador do Maranhão Basquete, o torcedor maranhense está convocado para comparecer às 20h desta sexta-feira no Ginásio Castelinho. Para o time maranhense, o apoio vindo das arquibancadas representa uma energia extra dentro de quadra. E, uma coisa é certa: o torcedor maranhense não irá se decepcionar com a atuação do MB contra o Brasília/Basquetevizi.

“Acho que o torcedor que for ao Castelinho não vai perder a viagem. Acho que eles têm que ir prestigiar o nosso time. Nós estávamos com saudade desta torcida maravilhosa que teve na segunda-feira. Foi lindo mesmo. Mas eles têm que continuar não só neste jogo, mas em todos os eles devem assistir e prestigiar a gente. Sabemos que a torcida é nosso sexto jogador. É muito importante não perder em casa e cria uma atmosfera positiva para o time. Isso influencia no adversário também”, disse a técnica Lisdeivi Pompa.

Para a armadora cubana Gelis, jogar com ginásio lotado dá mais motivação. “O público é muito importante para nós porque nos dá ânimo e nos ajuda a fortalecer nos momentos difíceis dos jogos. E é orgulho para nós que necessitamos do público. Queremos sempre dar um espetáculo ao público e assegurar sempre a vitória”, analisou a camisa 7 do MB.

Após a partida desta sexta-feira, o Maranhão Basquete terá um bom período sem jogos oficiais. O time voltará à quadra somente no dia 23 de fevereiro, quando enfrentará o Presidente Venceslau fora de casa. Dois dias depois, o MB visita o São José/Colinas Shopping. Em São Luís, jogo pela LBF apenas no dia 28 contra o APAB/Barretos.

Ingressos

E, esperando contar com um bom público no ginásio, a diretoria do Maranhão Basquete já iniciou as vendas dos ingressos nas bilheterias do Castelinho. Mais uma vez, os ingressos estão sendo vendidos a preços populares ao torcedor maranhense: R$ 5 para o setor das arquibancadas e R$ 10 para o setor das cadeiras.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.