Futebol Maranhense

Adauto Carvalho renuncia ao cargo de presidente do Imperatriz

Mandatário alega que não tem mais condições financeiras para permanecer no cargo.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte30/12/2020 às 19h16
Adauto Carvalho renuncia ao cargo de presidente do ImperatrizAdauto Carvalho anunciou saída do Imperatriz nesta quarta-feira (30). (Ananda Portilho)

IMPERATRIZ - Depois de viver uma das piores temporadas de sua história, o Imperatriz está sem presidente. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (30), Adauto Carvalho apresentou uma carta de renúncia, alegando que não tem mais condições financeiras para permanecer como mandatário do Cavalo de Aço. O presidente do Conselho Deliberativo, Antônio Torres, assumiu interinamente o cargo máximo do clube.

"Não conseguia mais segurar financeiramente. Além disso, é preciso fazer logo o planejamento de 2021. Como não tinha a pretensão de continuar, observei que a oportunidade seria essa, de deixar para alguém que queira estar à frente do clube", afirmou Adauto na coletiva de imprensa.

No mandato de Adauto Carvalho, o Imperatriz viveu grandes momentos a partir de 2018, quando foi semifinalista da Série D. Em 2019, o Cavalo de Aço teve o melhor ano de sua história, conquistando o Campeonato Maranhense e chegando às quartas de final da Série C. O crescimento colorado, entretanto, desmoronou com vexames históricos em um 2020 de calendário cheio: além de ser eliminado precocemente do Campeonato Maranhense, da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, o Imperatriz fez a pior campanha da história da Série C e foi rebaixado, depois de uma parceria frustrada com a JB Sport, empresa que terceirizou o departamento de futebol do clube.

Sem presidente, o Imperatriz corre contra o tempo para resolver pendências e voltar às competições oficiais. O Campeonato Maranhense começa no dia 14 de fevereiro, e o Cavalo de Aço não pode inscrever jogadores por causa de uma dívida de R$ 250 mil com o Fênix (Uruguai), pela contratação do atacante Breno Caetano. Se não pagar o débito e montar um time para o Estadual, o Imperatriz será automaticamente rebaixado para a Segundinha e poderá ser punido com suspensão, que também tiraria a equipe da disputa do Campeonato Brasileiro Série D em 2021.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.