Série C

Imperatriz perde para o Ferroviário no Frei Epifânio e amplia crise na Série C

Sem vencer após seis partidas, Cavalo de Aço tem a pior campanha da Terceirona.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte26/09/2020 às 20h37
Imperatriz perde para o Ferroviário no Frei Epifânio e amplia crise na Série CImperatriz e Ferroviário se enfrentaram no Estádio Frei Epifânio. (Lenilson Santos / Ferroviário AC)

IMPERATRIZ - Em situação delicada no Campeonato Brasileiro Série C, o Imperatriz teve mais uma oportunidade de reação na tarde deste sábado (26), em partida diante do Ferroviário (CE), pela oitava rodada da fase de grupos da competição nacional. Jogando em seu Estádio Frei Epifânio, o Cavalo de Aço vivia a expectativa de conquistar a primeira vitória na Terceirona, mas não conseguiu fazer uma boa atuação, foi derrotado por 2 a 1 pelo Ferrão e agravou ainda mais a crise na temporada: o Imperatriz não sabe o que é vencer desde 21 de agosto, quando bateu o São José de Ribamar por 5 a 2, pela segunda fase do Campeonato Maranhense.

Tentando ganhar fôlego na luta contra o rebaixamento, o Imperatriz teve dificuldades para tomar a iniciativa diante do Ferroviário, que se defendeu bem dos avanços do Cavalo de Aço e abriu o placar aos 39 minutos do primeiro tempo, com o zagueiro Vitão. Animado, o Ferrão ampliou a vantagem aos cinco minutos da etapa final, após Willian Lira receber passe de Caíque e finalizar bem, sem chances para Henal. Jocinei, aos 18, ainda balançou as redes pelo Imperatriz, mas não foi o suficiente para impedir mais uma derrota colorada na Série C.

Com apenas um ponto em seis partidas, o Imperatriz permanece na última colocação do Grupo 1 da Série C, bem distante de deixar a zona de rebaixamento: apesar de ter dois jogos a menos, o Cavalo de Aço está a sete pontos do Botafogo (PB), primeiro time fora do Z-2. Já o Ferroviário, com 14 pontos em oito duelos, assumiu temporariamente a liderança do Grupo 1, levando vantagem sobre o Santa Cruz no saldo de gols.

A próxima partida do Imperatriz na Série C está marcada para a tarde do próximo sábado (3), às 17h, diante do Manaus, na Arena da Amazônia. O duelo terá cobertura completa do Imirante Esporte. O Ferroviário, por sua vez, encara o Santa Cruz no próximo domingo (4), às 15h30, no Estádio Domingão, em Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza.

O jogo

Imperatriz e Ferroviário iniciaram a partida no Frei Epifânio em ritmo intenso. Logo aos três minutos, Wesley arriscou o chute pelo Ferrão e acertou o travessão. Pouco depois, aos oito, o Cavalo de Aço respondeu com Cesinha, que chutou forte, para grande defesa de Nicolas.

Com o passar do tempo, o Imperatriz tentou encontrar espaços na defesa do Ferroviário, que tentava valorizar a posse de bola e ameaçar nos contragolpes. Aos 31, o Ferrão chegou com perigo: após Olávio arriscar a finalização e acertar a trave, a bola sobrou para Wesley, que chutou para fora. O Imperatriz também teve sua chance: aos 33, Cesinha chutou na trave e a bola bateu nas costas de Nicolas, que se recuperou e fez a defesa.

Quando o empate sem gols parecia certo no primeiro tempo, o Ferroviário mostrou sua força no Frei Epifânio. Aos 39 minutos, o zagueiro Vitão aproveitou cobrança de escanteio e abriu o placr para a equipe cearense. Depois disso, o Imperatriz avançou em busca do empate, sem sucesso.

Ferroviário confirma vitória no Frei Epifânio

Animado com o gol nos últimos minutos do primeiro tempo, o Ferroviário manteve a postura agressiva no início do segundo tempo e teve seu esforço premiado logo aos cinco minutos: após receber passe de Caíque, Willian Lira não desperdiçou a chance e anotou o segundo gol da equipe visitante. O Imperatriz, entretanto, reagiu rápido e diminuiu o prejuízo aos 18 minutos, com Jocinei, que aproveitou sobra de bola e acertou um belo chute, sem chances para Nicolas.

Satisfeito com o placar, o Ferroviário diminuiu os espaços em seu campo de defesa, enquanto o Imperatriz, desesperado, foi ao ataque em busca de um empate heroico. Guilherme Garré, aos 42, teve uma boa oportunidade, mas não conseguiu concluir para as redes. Já aos 50, todo o ataque do Cavalo de Aço falhou na conclusão de um bate-rebate na grande área do Ferrão e teve que amargar mais um tropeço na Série C.

FICHA TÉCNICA

IMPERATRIZ: Henal; Léo Rodrigues, Xandão, Douglas Mendes e Makeka; Carlão (Jocinei), Nonato e Judson (Edu Amparo); Cesinha, Guilherme Garré e Reginaldo Junior. Treinador: Estevam Soares

FERROVIÁRIO: Nicolas; Olávio, Vitão, Willian Machado e Tiago Costa; Jorginho (Reinaldo), Magno, André Mensalão e Caíque (Júlio); Wesley (Pentecoste) (Madson) e Willian Lira (Junior Batista). Treinador: Marcelo Vilar

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.