Campeonato Brasileiro Série D

Imperatriz derrota o Manaus e fica a um empate do acesso à Série C

Contando com o apoio da torcida no Frei Epifânio, o Cavalo de Aço abriu vantagem contra o Gavião.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte01/07/2018 às 21h58
Imperatriz derrota o Manaus e fica a um empate do acesso à Série CImperatriz venceu o Manaus no Frei Epifânio. (Antônio Pinheiro)

IMPERATRIZ – Único representante maranhense nas quartas de final do Campeonato Brasileiro Série D, o Imperatriz deu um passo gigantesco na briga pelo tão sonhado acesso à Série C. Em partida disputada na noite deste domingo (1º), no Estádio Frei Epifânio, o Cavalo de Aço encontrou dificuldades diante do Manaus (AM), principalmente no primeiro tempo, mas se recuperou na etapa final e venceu por 1 a 0. Foi a terceira vitória consecutiva do Imperatriz na Quarta Divisão.

Sem criatividade no primeiro tempo e sofrendo com as investidas do Manaus, que acertou a trave duas vezes com Hamilton e Rossini, o Imperatriz ditou o ritmo na volta do intervalo e garantiu a vitória aos oito minutos, com o meia Eloir, que aproveitou cobrança de escanteio de Gabriel Paulino e marcou o único gol do jogo. O Cavalo de Aço ainda teve a chance de ampliar a vantagem nos últimos minutos, mas André Penalva não conseguiu a conclusão para o gol.

Com a vitória em casa, o Imperatriz precisa de um novo triunfo ou um empate na segunda partida contra o Manaus para avançar às semifinais da Série D e garantir presença na Terceira Divisão na próxima temporada. A equipe amazonense e o Cavalo de Aço voltam a se enfrentar no próximo domingo (8), às 18h, no Estádio Ismael Benigno, em Manaus, com transmissão da rádio Mirante AM e cobertura completa do Imirante Esporte.

O jogo

Empurrado pela torcida no Frei Epifânio, o Imperatriz tomou a iniciativa e quase abriu o placar aos dois minutos. Após cobrança de escanteio de Jefferson Kanu, Júnior Chicão ganhou a disputa contra os marcadores do Manaus, fez o desvio e parou em grande defesa de Jonathan. A resposta amazonense veio aos 18: após cobrança de falta de Negueba, Hamilton conseguiu o chute e acertou a trave de Jean.

Com dificuldades para avançar, o Imperatriz ainda levou outro susto do Manaus aos 31 minutos: após jogada individual, Rossini arriscou a finalização, a bola bateu na trave e ficou nas mãos de Jean. O Cavalo de Aço só chegaria novamente ao ataque aos 44 minutos, em chute sem muito perigo de Cloves.

Na etapa final, com a marcação adiantada, o Imperatriz forçou alguns erros do Manaus e passou a ter mais a bola. Melhorando a cada instante, o Cavalo de Aço abriu o placar aos oito minutos, com Eloir, que aproveitou cobrança de escanteio de Gabriel Paulino e fez a festa da torcida colorada no Frei Epifânio.

Apostando principalmente nos cruzamentos para a grande área, a equipe do Imperatriz não deu sossego ao Manaus, que não conseguia se organizar e ameaçar o goleiro Jean. Disposto a ampliar a vantagem, o Cavalo de Aço continuou no ataque e quase fez o segundo gol aos 44 minutos, mas o zagueiro André Penalva desperdiçou a chance. O gol perdido, porém, não diminuiu a festa colorada no Frei Epifânio.

FICHA TÉCNICA

IMPERATRIZ: Jean; Gabriel Paulino, André Penalva, Maycon e Renan; Cloves, Daniel Barros e Eloir (Zé Neto); Kaká (Thaynan), Jefferson Kanu (Adauto) e Júnior Chicão. Treinador: Marcinho Guerreiro

MANAUS: Jonathan; Deurick, Maceió e Paulão; Tiago Granja (Wanderlan), Juninho, Amaral, Jean Carlos (Romário) e Negueba; Rossini (Panda) e Hamilton. Treinador: Aderbal Lana

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.