Maranhense que que escapou da morte

“Lourency jogou duas Copas SP e em 2015 foi para o Chapecoense”, relembra treinador

Laurency foi liberado devido a decisão do Catarinense Sub-20.
João Rodrigues/ Imirante Imperatriz29/11/2016 às 17h10

IMPERATRIZ – Alívio é a palavra que define bem o sentimento de amigos e parentes do atacante maranhense Lourency Rodrigues, do time do Chapecoense. Por pouco o atleta não foi relacionado para a viagem do time catarinense à Colômbia, para a primeira partida do time brasileiros pela Copa Sul- Americana.

O ex-treinador e amigo pessoal de Lourency, o técnico do JV Lideral Sub- 20, Jairo Nascimento disse nesta terça-feira (29), que o atacante vinha sendo escalado no time profissional e foi o autor do gol da vitória contra o Flumiense, mas para essa partida pela Sul-Americana o jogador não chegou a ser relacionado.

“O treinador do Sub-20 pediu para o Caio Junior para não relacionar o Lourency, para que ele disputasse a final do catarinense sub-20, que seria realizado nesta quarta-feira, exatamente na data da primeira partida da final da Sul-Americana”, disse Jairo Nascimento, repassando o que foi informado pelo atleta.

Jairo disse que em caso de jogadores que atuam no time principal e tem idade para times da base é comum que eles atuem em competições das duas categorias ao mesmo tempo, e no caso de Lourency o pedido foi em razão da final do Campeonato Catarinense para jogadores de até 20 anos, marcada para esta quarta-feira.

Com 13 anos de atuação no futebol de base e há seis anos no JV Lideral, Jairo Nascimento lembra que Lourency, também, chamando de Lourencinho, ingressou no futebol no JV Lideral aos 12 anos, com o treinador Cassius Keneddy.

“Ele ficou dois anos comigo no Sub-15, 17 e na Copa São Paulo de Futebol Juniores de 2013, que a gente participou fui treinador dele. Lourency jogou duas edições da Copa São Paulo (2013/2014) de Futebol Juniores, fez testes do Internacional de Porto Alegre, onde ficou cerca de quatro meses na base do time e em 2015, o ano seguinte, foi para o Chapecoense" disse.

Jairo Nascimento acrescentou que Lourency iniciou no Sub-20 e ficou como revelação no Inter, onde não ficou porque lá tinha jogador de nível de Seleção Brasileira, e no ano seguinte (2015) foi para a Chapecoense onde está há dois anos e vinha autuando no time profissional e Sub-20.. Nascimento disse, também, ter sido acordado, pela manhã com telefonemas com perguntas sobre o jogador.

"As pessoas me acordaram me ligando perguntando se Lourency estava no clube e fiquei assutados porque não sabia o que era. Então falei com ele pelo WhatsApp e ele me respondeu me explicando e graças a está tudo bem", concluiu Jairo.

Laurency começou a atuar no futebol em Imperatriz e está identificado no site do Chapecoense como sendo de Imperatriz. No entanto a família do atleta mora em Davinópolis, cidade distante 8 Km de Imperatriz.

Manifestações nas redes sociais

No perfil de Lourency em uma rede social, são muitas as postagens de apoio ao atleta. Amigos comemoram o fato de ele não ter sido relacionado para a partida na Colômbia. As primeiras informações davam conta que o atleta maranhense estava no avião que caiu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.