Campeonato Maranhense da Segunda Divisão

Mesmo com dois a menos, Marília vence o Maranhão

O confronto, válido pela Série B do Estadual, foi disputado no Frei Epifânio.
Alan Milhomem / Imirante Imperatriz30/09/2015 às 22h55
(Foto: Alan Milhomem / Imirante Imperatriz)

IMPERATRIZ – Um jogo apenas para cumprir tabela e que tinha tudo para ser uma partida tranquila, mas Marília e MAC protagonizaram um jogo com grandes lances, dois golaços, expulsão de técnico e até briga entre jogadores do mesmo time. O Marília perdeu dois atletas que foram expulsos, mesmo assim segurou a pressão do MAC, que não se acertou em campo, e venceu a partida por 3 a 2. O jogo foi na noite desta quarta-feira no Estádio Frei Epifânio D'Abadia.

E foi depois do juiz encerrar o primeiro tempo da partida, que estava empatada em um a um, que aconteceu o lance mais inusitado do jogo. Ainda na beira do campo, Rayllan e Otávio, ambos do Marília, se estranharam e começaram a brigar. Um dos jogadores chegou a atirar uma garrafa de água no rosto do outro. A equipe técnica controlou a briga, mas o juiz viu tudo e expulsou os dois jogadores.

O técnico Calebe Santos conseguiu controlar os ânimos dos jogadores no vestiário. O Marília, com dois a menos, voltou todo fechado no campo de defesa e apostou nos contra-ataques. O MAC, que tinha tudo para aproveitar a baixa na equipe adversária e vencer a partida, não conseguiu se encontrar dentro de campo. E foi no contra-ataque que Júnior Chicão conseguiu marcar dois golaços para o Marília.

No primeiro lance, a roubada de bola do Marília resultou em falta próxima da grande área. Tainã cobrou e Chicão desviou de calcanhar na pequena área, mandando pro fundo da rede. O terceiro gol saiu de uma roubada de bola no meio de campo. Chicão saiu em velocidade e acertou um bonito chute de fora da área, sem chances de defesa para o goleiro do Maranhão. No fim do jogo, após cobrança de escanteio e bate rebate dentro da pequena área, a bola sobrou para Júnior Masset, que diminuiu para o MAC, mas já não havia mais tempo para empatar a partida.

(Foto: Alan Milhomem / Imirante Imperatriz)

O jogo

Marília e Maranhão entraram em campo apenas para cumprir tabela pelo Campeonato Maranhense da Segunda Divisão, pois o MAC ganhou, antecipadamente, o primeiro turno. Disposto a encerrara com vitória e chegar com tudo no returno, o Marília foi pra cima do MAC e logo aos cinco minutos, Júnior Chicão lançou para Rayllan, que saiu da defesa e abriu o marcador: 1 a 0 para o Azulão.

O jogo seguiu pegado e com algumas faltas. E em uma cobrança de falta, o MAC teve a chance de empatar, mas desperdiçou a bola dentro da grande área. O time da capital não acertava muitos passes. Já a equipe de Imperatriz não conseguia chegar com força no ataque.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, após cruzamento, Leomar cabeceou sem chances de defesa para o goleiro do Marília e empata a partida. Com o placar igual no marcador, as duas equipes saíram mais para o jogo. Em cobranças de faltas e escanteios, os dois times criavam oportunidades de chegarem ao gol, mas faltava pontaria.

Revoltado com uma jogada e com a marcação do juiz, aos 37 minutos do primeiro tempo, o técnico do MAC, Edimilson Gomes, reclamou bastante e acabou sendo retirado de campo. O auxiliar técnico assumiu o comando do time. As equipes continuaram em um jogo pegado e sem grandes jogadas. E o primeiro tempo termina mesmo empatado em 1 a 1.

Na volta para a etapa complementar, o Marília entra em campo com dois a menos. Rayllan e Otávio foram expulsos depois de brigarem, ainda na beira de campo, na saída para o vestiário. O técnico Calebe tentou acertar a equipe fazendo algumas alterações. O MAC também fez algumas trocas.

O Marília entrou para o segundo tempo todo fechado no campo de defesa e apostou nos contra-ataques. Já o MAC tentou aproveitar a expulsão dos jogadores do Marília para liquidar a partida, mas errava muitos passes.

Aos 14 minutos do segundo tempo, Tainã cobra falta e Júnior Chicão desvia de calcanhar ampliando o marcador: 2 a 1 para o Marília. O jogo fica agitado e, em mais um contra-ataque, Júnior Chicão novamente rouba a bola no meio de campo e avança em velocidade. A defesa do MAC não segura, e ele acerta um belo chute de fora da área, ampliando a vantagem do Marília.

O MAC tenta colocar pressão no jogo e vai com tudo para o campo de ataque, mas sem muita objetividade nas jogadas. Arriscando chutes de fora da área e tentado aproveitar alguns escanteios, a equipe atleticana tentou chegar a área do Azulão, mas a zaga imperatrizense tirava a bola de toda maneira.

Já aos 41 do segundo tempo, após cobrança de escanteio e um bate rebate dentro da pequena área, Júnior Masset, que entrou no segundo tempo, aproveitou a sobra de bola e diminuiu a diferença para o MAC. Com 3 a 2 no placar e o jogo chegando ao fim, o Maranhão foi com tudo para o campo do Marília. O jogo ficou nervoso. O banco do Azulão pedia o fim da partida, mas o juiz ainda deu 5 minutos de acréscimos.

O MAC ainda teve tempo para empatar a partida, mas não conseguiu chegar ao gol, e o jogo terminou mesmo em 3 para o Marília e 2 para o Maranhão. Os times agora se preparam para o returno da segunda divisão do Campeonato Maranhense, que começa no próximo fim de semana.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.