Copa São Paulo

Chapadinha perde para o Santos e se despede da Copa São Paulo 2022

Galo da Chapada não resistiu ao bom primeiro tempo do Peixe e caiu na segunda fase da Copinha.
Gustavo Arruda / Imirante Esporte12/01/2022 às 22h05
Chapadinha perde para o Santos e se despede da Copa São Paulo 2022Santos e Chapadinha se enfrentaram pela segunda fase da Copa São Paulo. (Pedro Ernesto Guerra Azevedo / Santos FC)

ARARAQUARA - A histórica campanha do Chapadinha na Copa São Paulo de Futebol Junior 2022 teve um ponto final na noite desta quarta-feira (12). Em partida válida pela segunda fase da Copinha e disputada no Estádio Fonte Luminosa, em Araraquara, o Galo da Chapada demonstrou muita valentia diante do tradicional Santos, mas o Peixe teve uma atuação impecável, venceu por 3 a 0 e eliminou a equipe maranhense da maior competição de futebol de base do país.

Assim que a bola começou a rolar na Fonte Luminosa, o Chapadinha tentou impor seu ritmo de jogo, porém, o Santos avançou suas linhas e acumulou chances perdidas. De tanto insistir, o Peixe abriu o placar aos 13 minutos, com Jhonnathan, que arriscou uma finalização da entrada da área e contou com um desvio na defesa do Galo da Chapada para vencer o goleiro Vittor. Ainda no primeiro tempo, o Santos encaminhou a vitória com gols de Rwan Seco, aos 41 minutos, e do maranhense Weslley Patati, aos 45. Na etapa final, o Peixe apenas administrou a vitória, enquanto o Chapadinha tentou diminuir o prejuízo no placar, sem sucesso.

O Chapadinha se despede da Copa São Paulo com uma vitória, dois empates e uma derrota em quatro jogos, além de três gols marcados e cinco gols sofridos. Já o Santos, que venceu as quatro partidas que disputou até agora na Copinha, se classificou para encarar a Ferroviária na terceira fase: vale lembrar que as duas equipes já se enfrentaram na fase de grupos do torneio, com vitória do Peixe por 2 a 0.

O jogo

O Santos precisou de pouco tempo para pressionar o Chapadinha na Fonte Luminosa: Rwan Seco teve duas grandes oportunidades, aos dois e seis minutos, mas finalizou para fora. Weslley Patati, aos nove minutos, também arriscou pelo Peixe, e Vittor, bem posicionado, salvou o Galo da Chapada com uma defesa em dois tempos.

Depois de acumular chances perdidas, o Santos abriu o placar aos 13 minutos: Jhonnathan roubou a bola na entrada da área, arriscou o chute, e a bola desviou na zaga do Chapadinha antes de parar no fundo do gol. Mesmo em vantagem, o Peixe continuou no campo de ataque e teve uma boa oportunidade aos 20, com Lucas Barbosa, que arriscou de longe e acertou a trave do Galo da Chapada.

Na reta final do primeiro tempo, o Santos continuou em cima do Chapadinha, que não conseguia explorar os contragolpes. Aos 40 minutos, Rwan Seco cabeceou firme após cruzamento de Weslley Patati e parou em grande defesa de Vittor. Pouco depois, aos 41, após bate-rebate na grande área, Jhonnatan deu um passe na medida para Rwan Seco, em cima da linha, marcar o segundo gol do Peixe. Já aos 45, Weslley Patati marcou o terceiro gol e encaminhou a vitória do Santos, aproveitando rebote de Vittor em chute de Lucas Pires.

Chapadinha cria chances, mas Santos controla resultado

Mesmo com três gols de prejuízo, o Chapadinha não se abateu e foi para cima do Santos no começo do segundo tempo. Marlon Cesar, aos três minutos, cobrou falta com categoria, e a bola passou muito perto do ângulo esquerdo do Peixe. Já aos 10, o Galo da Chapada quase marcou o primeiro gol em chute de Vitinho, que parou nas mãos de Diógenes.

Satisfeito com o placar e sentindo o desgaste do Chapadinha, o Santos passou boa parte do segundo tempo trocando passes e arriscando poucos avanços ao campo de ataque. Aos 24 minutos, o Peixe teve uma chance com Nycollas Lopo, que arriscou para defesa de Vittor. A equipe santista ainda perdeu uma grande oportunidade de marcar o quarto gol aos 34: após passe preciso de Matheus Nunes, Nycollas Lopo bateu fraco, e Daniel, que tinha acabado de entrar no Chapadinha, segurou firme.

FICHA TÉCNICA

SANTOS: Diógenes; Sandro Perpétuo (Andrey), Derick (Thiago Balieiro), Jair e Lucas Pires; Jhonnathan, João Victor (Matheus Nunes) e Ed Carlos (Fernandinho); Weslley Patati, Lucas Barbosa (Pedrinho) e Rwan Seco (Nycollas Lopo). Treinador: Elder Campos

CHAPADINHA: Vittor (Daniel); Gabriel Papel, Marlon Cesar, Carlos Davi e Henrique Gouveia (Eduardo); Richardson, Joelberth e Ítalo; Mateus (Vitinho), Gustavo (Pedro) e Inglison (João Victor). Treinador: Eugênio Junior

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

Selo IVC
© 2019 - Todos os direitos reservados.