Futsal

Brasil é superado pela Argentina e vai disputar o terceiro lugar da Copa do Mundo Fifa de Futsal

Disputa pelo 3º lugar ocorre no próximo domingo (3).
Divulgação CBF29/09/2021 às 22h00
Brasil é superado pela Argentina e vai disputar o terceiro lugar da Copa do Mundo Fifa de FutsalA Seleção Brasileira chegou mais ao ataque nos cinco minutos iniciais do clássico e, apesar da forte marcação adversária, conseguiu levar perigo com Ferrão, Dyego e Pito. (Foto: Thais Magalhães/CBF)

BRASIL - Na tarde desta quarta-feira (29), na Arena de Kaunas, a Seleção Brasileira de Futsal foi superada pela Argentina por 2 a 1, pelas semifinais da Copa do Mundo Fifa. Com o resultado, a Canarinho vai disputar o terceiro lugar do torneio, no próximo domingo (3), às 12h (de Brasília), contra Portugal ou Cazaquistão.

O jogo

A Seleção Brasileira chegou mais ao ataque nos cinco minutos iniciais do clássico e, apesar da forte marcação adversária, conseguiu levar perigo com Ferrão, Dyego e Pito. Nas duas primeiras tentativas, o goleiro argentino fez a defesa, enquanto o camisa 10 parou no trave. Do outro lado da quadra, Guitta salvou o Brasil nos arremates de Borruto e Brandi.

Na sequência, a Canarinho assustou na bola parada com Arthur e Rodrigo. Na resposta rápida, os hermanos tiveram chances com Cuzzolino e Claudino. Passados os dez minutos de jogo, o confronto ganhou em equilíbrio. Dyego em jogada invididual por pouco não abriu a contagem para a Seleção Brasileira. E, aos 11, Vaporaki colocou a Argentina na frente.

Tentando o empate, o Brasil chegou de novo com Ferrão. Mas, aos 13, Borruto fez o segundo dos adversário. Querendo o primeiro antes do intervalo, o time brazuca foi para cima. Pito teve duas chances. Até que, aos 16, o camisa 10 tabelou com Marlon e achou Ferrão livre dentro da área para marcar: 2 a 1. No embalo do gol, a Canarinho quase marcou mais um com Rocha.

No segundo tempo, a Seleção alugou a quadra da Argentina e criou oportunidades em sequência. Primeiro com Rocha, Gadeia, Ferrão e Leozinho. Depois com Rodrigo, Dyego, Marlon e Pito. Mas o goleiro Sarmiento atrapalhou os planos do Brasil. Com um pouco mais de três minutos para acabar o jogo, a equipe brasileira foi para tudo ou nada com Dyego na função de goleiro-linha, mas não conseguiu chegar ao empate.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.