Copa Libertadores

Fluminense vence o Cerro Porteño e fica perto das quartas de final da Libertadores

Tricolor bateu equipe paraguaia fora de casa e abriu vantagem nas oitavas.
Imirante Esporte, com informações da Agência Brasil13/07/2021 às 22h31
Fluminense vence o Cerro Porteño e fica perto das quartas de final da LibertadoresO Fluminense derrotou o Cerro Porteño em Assunção. (Lucas Merçon / Fluminense FC)

ASSUNÇÃO (PARAGUAI) - O Fluminense deu um passou importante para garantir vaga nas quartas de final da Copa Libertadores após derrotar o Cerro Porteño (Paraguai) por 2 a 0, na noite desta terça-feira (13) no Estádio La Nueva Olla, em Assunção, no jogo de ida das oitavas de final da competição.

A vaga para a próxima fase da competição continental será definida na próxima terça (20), a partir das 19h15 (horário de Brasília), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, quando as equipes voltam a se enfrentar.

Desfalque de Fred

O Fluminense entrou em campo com um grande desfalque, o atacante Fred, que, apesar de ter viajado para o Paraguai, não entrou em campo por causa de uma lesão na coxa direita. Assim, quem cumpriu o papel de centroavante do Tricolor das Laranjeiras foi o uruguaio Abel Hernández.

Mesmo jogando fora de casa, o Fluminense assumiu o controle da partida logo nos primeiros momentos, e criou ao menos duas oportunidades claras nos 10 minutos iniciais, com Nenê e Yago Felipe.

Com o passar do tempo o Cerro até passou a ficar mais com a bola, mas não conseguiu transformar a maior posse em oportunidades. E quem continuou a criar foi o Fluminense, que teve outra oportunidade clara aos 28 minutos, quando Nenê cobrou falta da entrada da área e a bola explodiu na trave.

Mas, no final da etapa inicial, a equipe paraguaia começou a encontrar espaços para finalizar após o Tricolor diminuir o ritmo. Aos 34 minutos o brasileiro Mateus Gonçalves (que já defendeu o Fluminense) cruzou para o argentino Boselli cabecear para defesa do goleiro Marcos Felipe.

O Cerro melhorou tanto que conseguiu superar o goleiro do Fluminense aos 40 minutos, quando Boselli ganhou dividida com Marcos Felipe e ficou livre para finalizar. Porém, o gol acabou sendo anulado pelo juiz com auxílio do VAR (árbitro de vídeo).

Nenê decide

O Fluminense retornou para a etapa final com uma mudança, a entrada de Luiz Henrique no lugar de Gabriel Teixeira. E o atacante começou muito bem o segundo tempo. Puxou contra-ataque aos 3 minutos e cruzou a bola. Caio Paulista dominou e rolou para Nenê, que, de primeira, bateu para abrir o placar.

Com a vantagem no marcador, o time das Laranjeiras assumiu de vez o domínio do confronto, e conseguiu ampliar o marcador aos 15 minutos em nova jogada de contra-ataque. Nenê recebeu a bola na esquerda e tocou para Caio Paulista, que acabou desarmado dentro da área. A sobra ficou com Egídio, que soltou uma bomba para superar o goleiro brasileiro Jean.

A partir daí, o Fluminense até teve oportunidades de ampliar a vantagem, mas o triunfo de 2 a 0 permaneceu até o final.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.