Handebol

Mesmo sem Ana Paula, Seleção Brasileira derrota a Holanda

Maranhense está se recuperando da Covid-19 e desfalcou o Brasil.
Lincoln Chaves / Agência Brasil15/04/2021 às 20h48
Mesmo sem Ana Paula, Seleção Brasileira derrota a HolandaLance da partida entre Brasil e Holanda. (Divulgação)

POREC (CROÁCIA) - Ficar mais de um ano sem jogar junto, por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19), não foi empecilho para a seleção feminina de handebol. Nesta quinta-feira (15), as brasileiras derrotaram a equipe dos Países Baixos, atual campeã mundial, por 25 a 19 na HEP Croatia Cup, um triangular amistoso disputado em Porec (Croácia) e que serve de preparação para a Olimpíada de Tóquio (Japão).

Nesta sexta-feira (16), às 15h (horário de Brasília), o Brasil encerra a participação no torneio contra a anfitriã Croácia. A partida será transmitida ao vivo pelo canal do Comitê Olímpico do Brasil (COB). Se vencer, a seleção garante o título do triangular.

A goleira Babi Arenhart, campeã do mundo pela seleção feminina em 2013, foi o destaque da vitória desta quinta-feira, com grandes defesas. Entre as jogadoras travadas pela brasileira, esteve a central Estevana Polman, eleita a melhor jogadora do último Mundial, que foi para quadra no segundo tempo. No ataque, a ponteira Adriana de Castro brilhou com sete gols e 100% de aproveitamento nos arremessos.

O Brasil disputa a competição desfalcado de três atletas campeãs mundiais há oito anos. A ponta Alexandra Nascimento e a armadora Deonise Fachinello estão de quarentena porque duas jogadoras do clube que defendem na França (Bourg de Péage) testaram positivo para o novo coronavírus e o elenco todo deve ficar em isolamento. Já a armadora maranhense Ana Paula Rodrigues, do Chambray Touraine (França), contraiu a covid-19. Em vídeos publicados no Instagram, ela disse estar assintomática e em isolamento.

As brasileiras se classificaram para a Olimpíada com a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru), em 2019. A seleção dirigida pelo espanhol Jorge Dueñas caiu no Grupo B dos Jogos de Tóquio, junto de França (campeã mundial em 2017), Espanha (vice do mundo há dois anos), Rússia (atual campeã olímpica, que competirá sob bandeira neutra), Suécia e Hungria.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.