Futebol

Napoli volta a vencer o Botafogo e conquista o Brasileiro Feminino A-2

Equipe catarinense coroou grande temporada com título nacional.
Imirante Esporte, com informações da CBF31/01/2021 às 18h56
Napoli volta a vencer o Botafogo e conquista o Brasileiro Feminino A-2O Napoli venceu o Botafogo no Estádio Nilton Santos. (Thais Magalhães / CBF)

RIO DE JANEIRO - O Brasileiro Feminino A-2 é do Napoli! Depois do acesso à Série A-1, a equipe catarinense coroou a temporada espetacular com o título da competição. Na tarde deste domingo (31), no Nilton Santos, o Napoli voltou a vencer o Botafogo por 2 a 1, no segundo jogo da decisão, e pôde, enfim, soltar o grito de campeão depois de uma campanha invicta.

O jogo

Os últimos 90 minutos da decisão não podiam começar melhor para o Napoli. Com um minuto de bola rolando, Soraya fez grande jogada pela direita e tocou para Aninha pegar de primeira e estufar as redes do Nilton Santos: 1 a 0. Depois do gol, o Napoli teve o controle do jogo durante a primeira metade da etapa inicial, mas aos poucos o Botafogo passou a equilibrar as ações. E, já na marca dos 43, depois de cruzamento na área, Pepê aproveitou a sobra, soltou o pé e anotou um golaço deixando tudo igual no marcador.

Precisando de pelo menos mais um gol, a equipe carioca voltou melhor para o segundo tempo, mas apesar de ter o controle das ações pouco assustou a meta adversária. Do outro lado, o Napoli esperou por uma bola, que veio já na marca dos 38 minutos, quando Larissa lançou Soraya, que invadiu a área e com extrema categoria mandou para o fundo do gol: 2 a 1. Na base do tudo ou nada, o Botafogo foi para cima e chegou a levar perigo em finalizações de Juliana, Vivian e Driely, mas Dida brilhou debaixo das traves e segurou o resultado.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.