Campeonato Brasileiro

Ponte Preta e Sampaio Corrêa empatam partida em 1 a 1

O empate acabou beneficiando o Sampaio, já que a Bolívia Querida segurou um concorrente que tentava se aproximar do G-4.
Imirante Esporte02/12/2020 às 00h23
Ponte Preta e Sampaio Corrêa empatam partida em 1 a 1A partida, pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro, terminou no 1 a 1. (Foto: Álvaro Jr/ PontePress )

O Ponte Preta e o Sampaio Corrêa empataram o jogo, na noite desta terça-feira (1º), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). A partida, pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro, terminou no 1 a 1.

O empate acabou beneficiando o Sampaio, já que a Bolívia Querida segurou um concorrente que tentava se aproximar do G-4.

Os dois gols da partida foram marcados, um no primeiro tempo e outro no segundo. Quem abriu o placar foi o Sampaio, com gol de pênalti de Caio Dantas, artilheiro da Série B do Brasileiro. Já o gol da Ponte Preta veio dos pés Ruan Renato, que igualou o placar no segundo tempo.

Primeiro tempo

No início do jogo a Ponte ficou tocando bola no campo de defesa, mas sem objetividade, com isso o Sampaio Corrêa correu atrás e conseguiu, em poucos minutos, abrir o placar. Caio Dantas sofreu um pênalti e converteu a cobrança, aos sete minutos da partida.

A Macaca tentou marcar aos 27 minutos, em cobrança de falta, quando Ruan Renato apareceu livre na segunda trave, mas chutou a bola para fora. Bruno Rodrigues e Camilo ainda tentaram empatar o jogo, mas não conseguiram acertar o gol.

Aos 38 minutos, Marcinho também tentou aumentar o placar para o Sampaio, mas ficou na tentativa.

Segundo tempo

No segundo tempo, a Ponte Preta continuou marcando forte contra a Bolívia Querida, mas os contra-ataques do Sampaio ganharam espaço e, anos nove minutos, Diego Tavares quase ampliou o placar.

O gol de empate veio aos 16 minutos, após uma falha do goleiro Gustavo, que soltou a bola fácil após cabeçada de Bruno Rodrigues, e deixou a Macaca marcar com Ruan Renato.

Com um gol marcado, a Ponte pressionou o Sampaio e chegou perto do desempate com Wellington, aos 24, e com Apodi, aos 28.

Já o Sampaio ameaçou a Macaca somente aos 43 minutos, em chute de longe de Léo Costa.

No último lance do jogo, a Ponte quase desempata com uma cabeçada de Matheus Peixoto, mas o goleiro Gustavo salvou a Bolívia Querida da derrota. O jogo ficou no 1 a 1.

Com o empate, tanto a Ponte Preta quanto o Sampaio chegam ao segundo jogo sem vitória.

O Sampaio soma 41 pontos e está na terceira colocação do campeonato, porém corre o risco de ser ultrapassado pelo Juventude, que, com 40 pontos na tabela, joga nesta quarta-feira (2) contra o vice-lanterna Botafogo-SP, fora de casa.

Já a Macaca, tem 37 pontos e está em sétimo lugar. A Ponte poderia ter reduzido para apenas um ponto a distância da zona de acesso, mas, agora, espera o resultado do Juventude para ver o saldo da rodada.

A Ponte Preta volta a jogar na próxima sexta-feira (4), contra o Paraná, novamente no Majestoso, às 21h30.

Já o Sampaio Corrêa, enfrenta o CRB no sábado (5), às 19h, no Castelão, em São Luís.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.