Brasileiro Série A

Atlético-MG e Flamengo duelam em busca de reabilitação

Times se enfrentam neste domingo (8), a partir das 18h15, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.
Rafael Monteiro / Agência Brasil08/11/2020 às 12h55
Atlético-MG e Flamengo duelam em busca de reabilitaçãoMineirão será o palco do duelo. (Foto: Bruno Cantini / Agência Galo)

BELO HORIZONTE - Quarto colocado na série A do Campeonato Brasileiro, o Atlético Mineiro recebe o vice-líder Flamengo neste domingo (8), no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. A partida é válida pela 20ª rodada, e começa às 18h15 (horário de Brasília).

Caso o líder Internacional tropece diante do Coritiba (18º colocado) jogando em Porto Alegre, o duelo entre mineiros e cariocas pode virar um confronto de seis pontos, definindo o novo líder do Brasileirão. Se o Colorado perder e o Flamengo empatar hoje (8), o time carioca assume a ponta da tabela. Mas, se o Inter empatar com o Coxa, o Rubro-Negro terá de derrotar o Galo se quiser liderar o G4.

O Atlético Mineiro também tem chance de chegar ao topo do G4 hoje (8): precisa vencer em casa e torcer pela derrota dos gaúchos no Beira-Rio.

Porém, os últimos resultados do Galo não são animadores. O time mineiro não vence há quatro jogos: foram dois empates e duas derrotas. Na rodada passada do Braileirão, o revés foi o mais elástico. a equipe, comandada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, perdeu para o Palmeiras fora de casa por 3 a 0.

O Rubro-Negro também não foi bem na última rodada da série A: amargou derrota por 4 a 1 para o São Paulo, no Maracanã. Contudo, na última quarta (4) os rubro-negros venceram em casa por 3 a 2 o Athletico-PR e avançaram às quartas de final da Copa do Brasil.

Os dois times já estiveram frente a frente no primeiro turno da competição, e o Galo levou a melhor: vitória por 1 a 0, no Maracanã, com gol contra do lateral-esquerdo Filipe Luís.

Enquanto o Galo busca reencontrar o caminho da vitória, os cariocas tentam equilibrar defesa e ataque. Na frente, o clube da Gávea vem mostrando poder de fogo. Com 33 gols, foi o que mais balançou a rede dos adversários. Por outro lado, o sistema defensivo tem deixado a desejar. Entre os seis primeiros colocados foi o que mais sofreu gols: 25 no total.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.