Campeonato Brasileiro

Em jogo animado, Atlético-MG e Fluminense empatam no Mineirão

Galo permanece na liderança do Brasileiro; Tricolor chega a cinco jogos sem derrotas.
Imirante Esporte, com informações da CBF15/10/2020 às 00h57
Em jogo animado, Atlético-MG e Fluminense empatam no MineirãoAtlético Mineiro e Fluminense se enfrentaram no Mineirão. (Pedro Souza / Agência Galo / Clube Atlético Mineiro)

BELO HORIZONTE - Atlético-MG e Fluminense protagonizaram um duelo emocionante na noite desta quarta-feira (14), pela 16ª rodada do Brasileirão. No Mineirão, o Tricolor largou na frente com Caio Paulista, enquanto Guilherme Arana deixou tudo igual para o Galo: 1 a 1. Com o empate, o Alvinegro segue na liderança, com 31 pontos. Já a equipe carioca ocupa a quinta posição, com 25.

O jogo

As equipes fizeram um primeiro tempo bem disputado no Mineirão. Sem querer saber se o jogo era fora de casa, o Fluminense começou em cima. Aos 17 minutos, Felippe Cardoso chegou a balançar as redes, mas teve o gol anulado por impedimento. Mas o Tricolor insistiu no ataque e dois minutos depois abriu a contagem. Luiz Henrique fez ótima jogada e tocou para Caio Paulista, o atacante dominou na entrada da área, viu bola subir um pouco e aproveitou para soltar o pé anotando um golaço, o primeiro dele com a camisa do clube carioca: 1 a 0. Querendo se recuperar no jogo, o Atlético teve mais posse de bola, buscou o gol, mas esbarrou na boa marcação adversária. Já na marca dos 42, foram os visitantes que tiveram nova chance, mas Igor Julião finalizou para fora.

O Galo voltou em ritmo acelerado para o segundo tempo. Logo no primeiro minuto, Marrony recebeu lançamento e escorou para para Nathan, o camisa 23 bateu de primeira e viu Muriel salvar o Fluminense. Do outro lado, a equipe carioca respondeu com Luiz Henrique, que de frente para meta mandou errou o alvo. O time da casa seguiu pressionando e, aos seis, Guilherme Arana empatou o duelo. Depois de ótima trama no ataque atleticano, o lateral recebeu na entrada da área e acertou o cantinho sem dar chance de defesa. Aos oito, um verdadeiro bombardeio mineiro. Marrony, Keno e Sasha assustaram, mas Muriel brilhou no gol tricolor e evitou a virada. Na sequência, Guilherme Arana, aos 11, e Keno, aos 18, também arriscaram para o Alvinegro e de novo o arqueiro do Flu fez boas defesas.

Tentando equilibrar o duelo, os visitantes reapareceram no campo ofensivo e o jogo ficou lá e cá. Yago Felipe, aos 22, arriscou o chute colocado. Mas o Galo não dava trégua. E aos 30, Muriel pegou mais uma após finalização de Nathan. Quatro minutos depois, Nino deu uma de atacante e por pouco não marcou para o Fluminense. Enquanto o Atlético assustou em cruzamento rasteiro de Maílton. Nos minutos seguintes, mais uma chance para cada lado: Marcos Paulo tentou para o Tricolor e Keno chegou com perigo para os donos da casa. O duelo seguiu eletrizante até o apito final, mas sem mais bolas na rede.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.