Mundial de Clubes

Em busca do bicampeonato, Flamengo estreia no Mundial de Clubes contra o Al Hilal

Campeão em 1981, Rubro-Negro encara equipe da Arábia Saudita na semifinal do Mundial.
Imirante Esporte, com informações da CBF17/12/2019 às 08h00
Em busca do bicampeonato, Flamengo estreia no Mundial de Clubes contra o Al HilalFlamengo busca segundo título mundial em Doha. (Alexandre Vidal / CR Flamengo)

DOHA (CATAR) - O Flamengo atendeu ao pedido do seu povo, e foi em busca do mundo de novo. Nesta terça-feira (17), o Rubro-Negro inicia a caminhada rumo ao bicampeonato do Mundial de Clubes da FIFA, quando encara o Al-Hilal, da Arábia Saudita, pela semifinal da competição, às 14h30 (de Brasília), no Khalifa Stadium, em Doha, no Catar.

Leia também: Rafinha quer Flamengo concentrado por vitória diante do Al Hilal

Antes do tradicional reconhecimento do gramado na véspera da partida, o lateral Rafinha e o técnico Jorge Jesus falaram em coletiva. Sempre muito sóbrio nas respostas, Jesus afirmou que sua equipe não abandonará o estilo de jogo que fez o Rubro-Negro faturar o Campeonato Brasileiro e a Libertadores da América em 2019.

"Não vamos mudar a maneira de jogar pelo fato de estar numa semifinal ou final. Seria dar um passo atrás. Queremos cada vez mais valorizar o nosso jogo", afirmou o Mister, antes de completar:

"As estratégias de jogo são esperadas, mas a ideia não. A forma de atacar e defender será igual. É fundamental saber correr dentro de campo. É uma das coisas que buscamos na nossa equipe".

Disputar o Mundial de Clubes não é novidade para Rafinha, que foi campeão em 2013 com a camisa do Bayern de Munique-ALE. Mas agora, pelo clube carioca, o lateral garante que o sentimento é completamente diferente.

"É gratificante disputar essa competição de novo. Tenho alguns títulos grandes na carreira e jogar o Mundial pelo Flamengo é um prazer enorme. É como se fosse a primeira vez", disse, ao completar:

"É um título muito grande. Sabemos que é o máximo para clubes no mundo e representa muito também na América do Sul. Venci em 2013 pelo Bayern de Munique, europeu, e esperamos fazer um grande jogo para disputar a final. É um título com um valor muito grande".

Na outra semifinal, Liverpool-ING e Monterrey-MEX se enfrentam quarta-feira (18), também no Khalifa Stadium, às 14h30 (de Brasília). Os vencedores duelam sábado, às 14h30, na final do Mundial de Clubes.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.