Campeonato Brasileiro

Henrique Dourado celebra volta aos gramados pelo Palmeiras: "Recomeço"

Atacante fez a sua reestreia com a camisa alviverde na vitória sobre o Botafogo.
Imirante Esporte, com informações da Agência Palmeiras15/10/2019 às 20h23
Henrique Dourado celebra volta aos gramados pelo Palmeiras: "Recomeço"Henrique Dourado, atacante do Palmeiras. (Cesar Greco / Agência Palmeiras / Divulgação)

SÃO PAULO - Recuperado de uma grave lesão e após um longo período sem atuar, o atacante Henrique Dourado retornou aos gramados na vitória do Palmeiras por 1 a 0 sobre o Botafogo, no último sábado (12), no estádio do Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro – o duelo também marcou a reestreia do atleta com a camisa palestrina, já que o camisa 27 atuou pelo Alviverde em 2014. Extremamente realizado, o jogador não escondeu a satisfação por poder jogar futebol em alto nível novamente.

“Quem já teve algum tipo de lesão sabe o quanto é difícil retornar aos gramados. A partir do momento em que está pronto, o atleta tem de se controlar um pouco, segurar essa ansiedade e vontade para voltar e fazer aquilo que mais gosta. Neste tempo tem de ter o mental muito forte, tem de trabalhar a sua mente para que possa voltar com confiança para poder ajudar. Foi a minha primeira lesão na carreira, e foi muito grave. Tudo foi novidade para mim e agora tem sido um recomeço”, contou o atleta, brincando com o fato de voltar a conceder entrevista coletiva.

“Eu fiquei até nervoso quando soube que viria para a coletiva (risos), fazia um bom tempo que não dava entrevista. É bacana sentir falta de tudo, até da cobrança por parte da imprensa, os elogios, a adrenalina de estar no campo, o calor da torcida... É como se o atleta estivesse doente. Se não está fazendo aquilo que mais gosta, fica faltando alguma coisa. Tem de pensar positivo sempre, fico contente por voltar”, disse.

Com contrato válido até o fim desta temporada, Dourado espera finalizar 2019 em grande estilo com o Palmeiras. “Quero dar o meu melhor neste curto período que tenho aqui, quero desfrutar o dia a dia da melhor maneira possível. É viver isso aqui até o fim do meu contrato, que é no fim do ano. O fator de ser no fim do ano me dá um vigor a mais, sei que em pouco tempo muitas coisas podem acontecer”, declarou o palestrino, que comentou sobre a concorrência por uma vaga no ataque alviverde.

“É uma disputa sadia, infelizmente perdemos o Luiz (Adriano) por questão de lesão. Agora cabe a nós, eu, Borja e Deyverson, nos empenharmos para poder corresponder à altura e dar sequência ao trabalho que vem sendo feito”, falou. “Muitos já conhecem as minhas características. A partir do momento em que eu puder contribuir, eu darei o meu melhor como sempre faço. Tenho recebido inúmeras mensagens do torcedor palmeirense, sei como é vestir essa camisa. Tendo a oportunidade de jogar, buscarei primeiramente a vitória e, claro, todo atacante quer marcar gols. Não só eu, mas o Borja e o Deyverson também têm se empenhado no dia a dia”, completou.

Já sobre a busca por mais um título brasileiro, o camisa 27 foi direto. “O campeonato que o Flamengo está fazendo é fora da curva, a nossa pontuação hoje está superior à de 2016 e de 2018 (anos em que o Palmeiras foi campeão). Temos pontos a disputar, muita coisa para acontecer. Nós continuaremos buscando e fazendo a nossa parte. Temos muitas rodadas pela frente, temos de continuar fazendo a nossa parte”, concluiu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.