Campeonato Brasileiro

Vanderlei Luxemburgo valoriza ponto conquistado pelo Vasco diante do Avaí

O Cruz-maltino criou chances, mas teve que se contentar com o empate em Florianópolis.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama11/10/2019 às 23h16
Vanderlei Luxemburgo valoriza ponto conquistado pelo Vasco diante do AvaíVanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

FLORIANÓPOLIS - Em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama foi até Florianópolis para duelar com o Avaí. Apesar de criado grandes oportunidades, em especial no segundo tempo, o Cruz-maltino não conseguiu balançar as redes e viu a partida terminar empatada em 0 a 0. O resultado impediu a equipe vascaína de terminar a noite dentro da zona de classificação para a Conmebol Sul-Americana.

Ao término da partida, em entrevista coletiva, o treinador Vanderlei Luxemburgo avaliou o desempenho do time vascaíno durante os 90 minutos e voltou a lamentar a falta de pontaria no momento das conclusões. Ainda de acordo com a análise do experiente comandante, o Vasco foi superior ao Leão da Ressacada e merecia retornar para o Rio de Janeiro com os três pontos na bagagem.

"Tivemos muitas possibilidades, chegamos na cara do gol várias vezes, com jogadas de enfrentamento com o goleiro, mas não fizemos os gols. Vou repetir aqui o que falei quando cheguei ao Vasco. Nosso objetivo é manter o clube na Série A. Se pegarmos esse momento no primeiro turno, nós tínhamos dois pontos. Agora, no segundo turno, somamos cinco pontos. Estamos melhores e como o nosso campeonato é brigar pela permanência e posições intermediárias, temos que valorizar esse ponto de hoje, pois lá na frente qualquer ponto pode fazer falta, por mais que a gente tenha tido hoje oportunidade de ganhar. É bom lembrar que o Avaí jogou o jogo da vida também, ainda mais porque terá dois jogos fora de casa, então vou valorizar esse ponto, considerando o que somamos lá atrás", afirmou o técnico, explicando a opção pela saída do jovem Talles Magno ainda no intervalo.

"A opção foi tática. Ele não estava conseguindo dar sequência nas jogadas no primeiro tempo. Eu precisava de um outro tipo de jogo no segundo tempo. A proposta de jogo na etapa final foi diferente. A proposta no primeiro tempo era contra o vento, de não sermos surpreendidos pela velocidade da bola lá atrás, então tínhamos que jogar mais fechadinhos. No segundo tempo, buscamos colocar velocidade, com a bola longa. O Ribamar é um jogador que costumar sair depois dos marcadores e chegar na frente. Tivemos vários lances que ele conseguiu ganhar dos zagueiros e ter condições de marcar o gol. A estratégia foi boa, o time jogou bem, mas só ganha quem faz gol. Tivemos o mesmo problema contra o Santos. O mesmo na partida contra o Flamengo lá atrás", declarou Luxemburgo.

O próximo compromisso do Vasco da Gama no Campeonato Brasileiro será no próximo domingo (13), às 16 horas, em São Januário, diante do Fortaleza. Um triunfo fará a equipe dirigida por Vanderlei Luxemburgo chegar aos 31 pontos e ultrapassar o Tricolor do Pici, entrando assim na zona de classificação para a Conmebol Sul-Americana 2020. Os ingressos para o duelo já começaram a ser comercializados.

"Agora temos que descansar. Vamos dar um "pijama training" para os atletas, pois teremos um jogo importante e difícil pela frente, no próximo final de semana. O time do Rogério é muito bem treinado, joga muito na base do contra-golpe. O Fortaleza costuma ir bem fora de casa, mas vamos jogar em São Januário, e precisamos nos impor, superar nossas dificuldades, em especial de estado atlético, pois jogamos depois. Eu posso fazer algumas mudanças nesse sentido. Por conta da sequência de jogos, posso colocar um jogador mais fresco nessa partida", concluiu o comandante cruz-maltino.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.