Futebol

Matheus Henrique fala sobre primeira experiência na Seleção Brasileira

Volante do Grêmio foi convocado para amistosos contra Senegal e Nigéria.
Imirante Esporte, com informações da CBF08/10/2019 às 20h50
Matheus Henrique fala sobre primeira experiência na Seleção BrasileiraMatheus Henrique, volante do Grêmio e da Seleção Brasileira. (Lucas Figueiredo / CBF)

SINGAPURA - Matheus Henrique ainda não estreou em campo pela Seleção Brasileira Principal, mas sua primeira aparição na bancada de coletivas de imprensa já chamou a atenção. Nesta terça-feira (8), logo em seu segundo dia com o time de cima, ele já foi escalado para conversar com os jornalistas.

Com desenvoltura e sem fugir das perguntas, ele passou mais de 15 minutos respondendo aos mais diversos temas. Ele aproveitou para contar um pouco mais de sua trajetória no futebol. Atualmente volante do Grêmio, ele lembrou as outras posições pelas quais atuou e também falou da saída do Tricolor Gaúcho ainda adolescente rumo ao São Caetano.

"Sempre joguei mais avançado antes do profissional. Jogava de 10, de 8. Ali, na primeira passagem pelo Grêmio, joguei de lateral até, mas no improviso, não fui a fundo na posição. No retorno em 2017, virei volante de vez".

Ciente da dificuldade de atuar em uma das posições mais exigentes do futebol, em temos físicos e táticos, ele também disse saber exatamente o que precisa melhorar mais urgentemente em seu futebol.

"Acho que a gente tem sempre que se atualizar, melhorar na função. Até porque a posição de meio de campo é bem intensa. Acho que eu preciso aprimorar ali a marcação, o fechamento de espaços. Sou novo, então ainda posso aprender bastante".

Natural de São Paulo, Matheus Henrique é um dos caçulas desta Seleção Brasileira. Só é mais velho que o zagueiro Éder Militão. No entanto, mesmo aos 21 anos, sua postura em campo tem chamado a atenção, assim como a facilidade para se comunicar fora das quatro linhas. Nesta terça-feira, ele ainda contou que demorou a acreditar na sua primeira convocação para a Principal. Foi outro meia do Grêmio, o Maicon, quem lhe contou a novidade.

"Ele é cheio de palhaçada. Mas depois o Renato me falou e eu vi que era verdade. Ele (Renato) disse para eu manter a minha personalidade aqui, não me intimidar diante de tantos craques, que o meu futebol ia sair naturalmente", finalizou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.