Campeonato Brasileiro

Fluminense tenta terceira vitória seguida para se afastar do Z-4

Equipe tricolor terá três desfalques para enfrentar Cruzeiro.
Mauricio Costa / Agência Brasil08/10/2019 às 21h16
Fluminense tenta terceira vitória seguida para se afastar do Z-4Treino do Fluminense. (Daniel Perpetuo / Fluminense FC)

RIO DE JANEIRO - O Fluminense está pronto para o chamado “duelo de seis pontos” desta quarta (9). O tricolor enfrenta o Cruzeiro pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, às 21h30 (horário de Brasília). Nesta oportunidade a equipe carioca busca a terceira vitória consecutiva na competição e pode abrir até seis pontos de vantagem para a zona do rebaixamento. Além disso, ficaria oito pontos à frente da Raposa e deixaria o adversário afundado em uma crise.

Mas o confronto não promete facilidades, pois o técnico Marcão terá três grandes desfalques. Allan e Caio Henrique não jogam, pois estão servindo a seleção brasileira sub-23. Além deles, Digão não pode atuar, pois pertence ao Cruzeiro. Para o lugar do zagueiro, Nino deve ser o titular. Caio Henrique será substituído pelo recém-contratado Orinho. No caso de Allan, o favorito a assumir a vaga é Yuri, mas Dodi e Airton também brigam pela posição. É um Fluminense com muitas modificações, mas que trata a partida como uma final.

O meia Daniel afirma que a equipe terá que se dedicar demais para sair com os três pontos: “É um jogo muito importante, mais uma final. Cada jogo agora é uma decisão. E já estamos mostrando isso dentro de campo, com nossa vontade. Quanto aos desfalques, é óbvio que não ficamos felizes de perder jogadores importantes, titulares. Mas tenho certeza de que quem entrar dará conta do recado”.

Daniel fará sua partida de número 60 com a camisa do Fluminense nesta quarta. O meio-campista subiu para os profissionais em 2016, e em 2019 vem recebendo chances como titular. Primeiro com Fernando Diniz e agora com Marcão. Daniel perdeu espaço quando Oswaldo de Oliveira assumiu o time, mas com a saída do antigo treinador retomou a condição de titular e vem sendo peça importante na recuperação da equipe no Brasileiro.

“Estou muito feliz de completar essa marca [de 60 jogos], é um sonho realizado, algo que sempre esperei, ter uma sequência de jogos, ser titular, poder ajudar o time. Para mim foi bom o Marcão entrar. Desde que ele assumiu me botou como titular. Já me conhece há bastante tempo, pois desde que subi para o profissional ele já estava aqui”, afirmou o meia.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.