Amistosos

Pia Sundhage avalia inédita vitória sobre a Inglaterra

Técnica da Seleção elogiou postura da equipe no segundo tempo e projetou duelo com a Polônia, próxima adversária do Brasil, na terça-feira (8).
Imirante Esporte, com informações da CBF07/10/2019 às 15h30
Pia Sundhage avalia inédita vitória sobre a Inglaterra Em processo de formação da equipe, a técnica do Brasil promoveu algumas mudanças no time. ( Foto: Daniela Porcelli/CBF)

RIO DE JANEIRO - Ao final da partida Pia Sundhage não sabia que tinha conduzido a equipe brasileira a um feito inédito. Neste sábado (5), o Brasil venceu a Inglaterra, por 2 a 1, no Estádio Riverside, em Middlesbrough. Em processo de formação da equipe, a técnica do Brasil promoveu algumas mudanças no time, em relação a sua estreia. Ao longo da partida, a treinadora priorizou dar oportunidades as convocadas, e o resultado foi visto em campo.

Após um primeiro tempo irregular, o Brasil se recuperou na segunda etapa. Os gols saíram em jogadas coletivas, aos três minutos, Tamires cruzou na medida para Debinha cabecear no chão e marcar. Já aos 21, Maria fez boa jogada pela direita, e novamente, a camisa 9 apareceu para finalizar e fazer o segundo. A técnica Pia Sundhage analisou o duelo e viu a equipe em dois momentos diferentes na partida.

"Eu acho que tivemos mais qualidade no segundo tempo, marcamos gols mas também tivemos mais organização, jogamos melhor com essas mudanças. É isso que precisamos fazer em jogos amistosos, mas se isso fosse nas Olimpíadas, pode ser que fosse totalmente diferente. Nós fizemos três substituições ao mesmo tempo no intervalo para dar a essas atletas uma oportunidade. Eu acho que elas aproveitaram e nós jogamos melhor no segundo tempo", analisou Pia.

Quando o assunto é futebol, Pia Sundhage é uma grande experiente no assunto. No currículo, inúmeras conquistas como atleta e treinadora, mas nada se compara com o atual momento da modalidade. Neste sábado, ao ver o Riverside Stadium lotado com 29.238 pessoas, a comandante do Brasil se emocionou com o crescimento do futebol feminino.

"Eu posso te falar uma coisa, eu treinei os Estados Unidos em 2008 quando conquistamos a medalha de ouro na Olimpíada e nós não tivemos uma grande torcida como vimos hoje. Eu estou nesse esporte há muito tempo, eu joguei a primeira Copa do Mundo em 1991 e contra a Inglaterra aqui, em 1994, e não tivemos muitas pessoas assistindo. As coisas já estão bem diferentes e toda vez que eu vejo os torcedores e o número de público, eu tenho um sorriso no rosto e no coração, porque muitas coisas estão acontecendo no futebol feminino", declarou.

O próximo desafio de Pia no comando da Seleção Feminina será o duelo com a Polônia, nesta terça-feira (8). Na casa das polonesas, a técnica do Brasil espera encontrar um cenário diferente em relação à Inglaterra.

"Eu acredito que o jogo diante da Polônia será muito diferente. Elas têm um rápido contra-ataque, então nós teremos que nos defender para esse tipo de jogo. Hoje nós estávamos mais recuadas, então o próximo jogo será bem diferente, o que é bom para nós. Eu testarei algumas jogadoras, é claro, mas eu ainda não decidi quem iniciará a partida", finalizou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.