Parapan-americanos

Seleção de rugby em cadeira de rodas busca medalha inédita no Parapan

A modalidade estreou no programa do Parapan em 2015, em Toronto, oportunidade na qual o Brasil terminou na 4ª posição.
Imirante Esporte, com informações da Agência Brasil12/08/2019 às 18h41
Seleção de rugby em cadeira de rodas busca medalha inédita no ParapanFoto: Ministério do Esporte / Divulgação

BRASIL - Com o final dos Jogos Pan-americanos no último domingo (11), as atenções se voltam agora para os Parapan-americanos, que ocorrem entre 23 de agosto e 1º de setembro em Lima, no Peru. No evento, uma modalidade na qual o Brasil busca uma medalha inédita é o rugby em cadeira de rodas.

A modalidade estreou no programa do Parapan em 2015, em Toronto, oportunidade na qual o Brasil terminou na 4ª posição. Já em 2016, nos Jogos Olímpicos do Rio, a seleção brasileira ficou em 8º lugar.

Para os Jogos de Lima, a expectativa da equipe é de conseguir a primeira medalha nesse tipo de evento: “Para o Parapan-americano, vamos tentar subir mais um pouco. Já temos a medalha de bronze no último Parapan da modalidade, que aconteceu em 2017. Agora vamos tentar buscar o ouro ou a prata. Acho que é a primeira vez que chegamos tão perto de subir num dos pontos mais altos do pódio”, afirma a técnica da seleção masculina, Ana Paula Ramkrapes.

Segundo o jogador José Higino, o Brasil encontra dois rivais muito fortes no caminho em busca da inédita medalha: “A Colômbia, que já vencemos com autoridade e sabemos que podemos derrotar. E o Canadá, que já ficamos muito perto de ganhar. E queremos dar este passo a mais”.

Classificação para Tóquio

Outra meta da equipe brasileira em Lima é a busca pela classificação para os Jogos de Tóquio. “Em Londres nem tínhamos chance, pois éramos muito novos ainda. Em 2016, no Rio, éramos país-sede, então tínhamos vaga. Agora temos chance de classificar para Tóquio. Isso pensando no Parapan-Americano, que dá uma vaga para o campeão, mas também dá duas vagas para o pré-olímpico. Então nossa preparação no momento é essa. Pensando em Tóquio, mas também querendo a medalha de prata agora em Lima”, diz Guilherme Camargo, atleta da seleção.

Dinâmica da disputa

A disputa do rugby em cadeira de rodas nos Jogos Parapan-Americanos de Lima será entre 23 e 27 de agosto. Na primeira fase, os seis participantes (Brasil, Colômbia, Canadá, Estados Unidos, Argentina e Chile) jogam entre si em turno único. As quatro equipes melhores colocadas avançam para as semifinais. E os vencedores das semifinais fazem a grande final.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.