Série A

Flamengo vence o Grêmio por 3 a 1 e se recupera no Brasileirão

Com o resultado, o Flamengo chega a 27 pontos e segue na terceira posição da Série A.
Imirante Esporte, com informações do Grêmio10/08/2019 às 21h12
Flamengo vence o Grêmio por 3 a 1 e se recupera no BrasileirãoCom um time reserva, o Tricolor acabou superado pelo placar de 3 a 1. (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

RIO DE JANEIRO - Grêmio enfrentou na noite deste sábado (10), o Flamengo, no Maracanã, em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão. Com um time reserva, o Tricolor acabou superado pelo placar de 3 a 1.

O destaque deste sábado foi Arrascaeta que com um grande passe para William Arão abriu o placar no primeiro tempo. No segundo tempo, ele voltou a brilhar marcando um gol no início do segundo, ao aproveitar o rebote de um chute de Bruno Henrique na trave. O terceiro gol foi marcado por Everton Ribeiro no fim da partida. O Grêmio conseguiu empatar com Galhardo em um pênalti marcado pelo VAR.

O jogo

Os minutos iniciais foram de um jogo equilibrado e estudado por ambas as equipes. Aos 6’, Thaciano serviu Pepê, que avançou para o meio e deu um passe para Léo Moura, mas Arrascaeta cortou. Na sequência, os donos da casa tentaram responder com Berrío, que recebeu na esquerda e fez um cruzamento. Gerson ajeitou para Cuellár, mas David Braz afastou.

Com uma oportunidade de bola parada, aos 15’, o rubro-negro ameaçou com Arrascaeta, que cobrou uma falta da intermediária direto na meta defendida por Júlio Cesar, mandando por cima. Já o Grêmio fez uma grande jogada com Luan acionando Pepê na esquerda. O atacante recebeu e fez o cruzamento, mas Rafinha tirou de carrinho pela linha de fundo, com 18’. Depois do escanteio cobrado, a bola ficou viva dentro da área, até que chegou a Luciano - ele finalizou, mas nas mãos do goleiro adversário.

Outra grande chance gremista foi aos 22’, em uma jogada de Léo Moura, que com um belo passe, acionou Pepê, que recebeu, passou pela zaga e chutou - a bola bateu na rede pelo lado de fora, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante. Os cariocas responderam com Bruno Henrique no minuto seguinte, que depois de boa tabela, cruzou, mas ninguém chegou.

O placar foi aberto aos 28 minutos, com Willian Arão, que já na área, recebeu um passe e chutou forte no canto direito, sem chances para Julio César. A partir daí, o jogo ficou melhor para os cariocas, mas o Tricolor conseguiu segurar o placar e até empatar ainda na etapa inicial. Aos 44’, Luan cobrou uma falta em cima da barreira - no lance, David Braz foi puxado pela camisa e caiu. Após análise do VAR, a arbitragem assinalou penalidade. Galhardo foi para a cobrança, mandou no canto esquerdo de Diego Alves e deixou tudo igual no Maracanã, aos 50’.

No segundo tempo, o Flamengo quem criou as primeiras chances. Berrío fez um cruzamento na área, Bruno Henrique desviou de cabeça, mas por cima do gol, logo aos 2 minutos. Aos 4’, o rubro-negro conseguiu chegar ao seu segundo gol. No lance, Bruno Henrique finalizou, a bola explodiu na trave e voltou para a pequena área, onde estava Arrascaeta bem posicionado. Ele chutou no canto esquerdo de Júlio Cesar, mandando para o fundo das redes. O Grêmio tentou responder com bola parada, aos 7’, quando Galhardo colocou no segundo poste, buscando Luciano, mas Diego Alves se antecipou e fez a defesa. O Flamengo chegou novamente aos 10’, com Rafinha avançando pela direita. Ele passou pela marcação e cruzou para Arrascaeta, que desviou de cabeça, mas pra fora. No lance seguinte, Gerson arriscou e chutou forte, mandando a bola na trave.

O Grêmio tentou aos 16’, com Darlan buscando acionar Everton na área, mas Rafinha conseguiu o corte. Já os donos da casa seguiram superiores na partida e ameaçaram de novo com Bruno Henrique recebendo e chutando forte, mandando por sobre a meta, quase aos 30 da etapa complementar.

Outra chance tricolor veio em cobrança de falta da intermediária de ataque. Luan cobrou na área, a zaga afastou e a bola voltou a Pepê, que chutou, mas pegou mal. Em resposta, Arrascaeta recebeu um cruzamento e finalizou, obrigando Julio César a uma grande defesa. Com 36’, Juninho Capixaba cruzou rasteiro para Thaciano chegar e quase finalizar, mas Diego Alves se atirou para defender. Em seguida, foi a vez de Pepê tentar a finalização com meia bicicleta, mas a bola saiu por cima da meta.

Aos 40', Patrick acionou Da Silva na área, que dividiu com Pablo Marí e caiu dentro da área. Após análise do VAR, nada foi assinalado. Já o Flamengo conseguiu chegar ao terceiro gol nos acréscimos, com Everton Ribeiro, que chutou e mandou para o fundo das redes, no canto esquerdo do arqueiro gremista.

Com o resultado, o Tricolor não soma pontos nessa rodada.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.