Futebol

Vanderlei Luxemburgo avalia desempenho do Vasco contra o Atlético (GO)

Diante do Dragão, o Cruz-maltino venceu o terceiro duelo de intertemporada.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama05/07/2019 às 21h13
Vanderlei Luxemburgo avalia desempenho do Vasco contra o Atlético (GO)Vanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

RIO DE JANEIRO - No terceiro teste da intertemporada, o Vasco da Gama fez bonito e derrotou o Atlético Goianiense por 1 a 0 no Estádio de São Januário. Ao término de partida, em entrevista coletiva, o experiente treinador Vanderlei Luxemburgo valorizou o desempenho do Cruz-maltino diante do Dragão, em especial nos 45 minutos iniciais. O gol da vitória no amistoso foi anotado por Marrony.

"O time jogou bem no primeiro tempo. Teve domínio do jogo. Criou tanto por um lado como pelo outro. Deixei mais 10 ou 15 minutos no segundo tempo para ver um pouco mais do rendimento. O outro time que entrou também criou bastante situações de gol. Ficou evidente nesses amistoso que ocorreu um crescimento no aspecto físico, técnico e tático de todo o nosso time", afirmou o técnico vascaíno.

Ao ser questionado sobre o estágio da evolução do Vasco, Luxemburgo fez questão de enaltecer o empenho e o comprometimento de todos os jogadores durante as atividades que estão sendo desenvolvidas no CT do Almirante. Na avaliação do comandante, o Cruz-maltino tem tudo para conseguir apresentar um bom desempenho na sequência do Campeonato Brasileiro.

"Evoluímos. Se você falar que é o ideal, não. Temos de evoluir mais. Temos time para brigar para não cair e pode aspirar algo para cima. Essa equipe que temos estamos trabalhando forte para disputar essa classificação. Com o trabalho e o talento de alguns jogadores podemos evoluir e pensar algo para cima. Mas a primeira obrigação é saber que nossa competição é essa", declarou Luxemburgo, acrescentando na sequência.

"O que falei é que eu quero o Vasco grande. Quem joga aqui tem de saber que é o Vasco grande. Não quero que o jogador esteja aqui por estar. Tem de saber porque estão aqui. Sabem dos compromissos que têm. Eu fui bem claro com os jogadores que temos coisas definidas e vai ter algum tipo de desconforto, porque o clube passa por um momento difícil. Quem estiver aqui tem de saber que está num momento difícil", concluiu o comandante.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.