Campeonato Brasileiro

Vanderlei Luxemburgo avalia semana de preparação e projeta estreia pelo Vasco

O Cruz-maltino encara o Avaí neste domingo (19), em São Januário.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama17/05/2019 às 21h50
Vanderlei Luxemburgo avalia semana de preparação e projeta estreia pelo VascoVanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco. (Rafael Ribeiro / CR Vasco da Gama)

RIO DE JANEIRO - Vivendo a expectativa pela partida de estreia no Vasco da Gama, o treinador Vanderlei Luxemburgo comandou um treinamento tático na tarde desta sexta-feira (17) no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Na oportunidade, o comandante começou a definir a equipe que duela com o Avaí no domingo (19), às 19 horas, no Estádio de São Januário, visando a primeira vitória no Campeonato Brasileiro.

Antes do início da atividade, em entrevista coletiva, o vitorioso técnico avaliou a primeira semana de trabalho no Vasco. Vanderlei Luxemburgo elogiou o desempenho e a dedicação dos jogadores durante as sessões de treinamento, revelou qual postura a equipe cruz-maltina terá daqui para frente e pediu um voto de confiança do torcedor, garantindo entrega total na missão de recolocar o clube no caminho das vitórias.

Confira os trechos da entrevista coletiva de Vanderlei Luxemburgo:

Semana de preparação

"A semana foi boa. Apesar de ter chovido, conseguimos trabalhar bem. Treinamos dois dias em tempo integral para observar as características. Fizemos tudo em conjunto com o pessoal que já estava aqui no clube, até para sabermos a carga exata de treinamento para não prejudicar nenhum atleta. Foi um semana bastante proveitosa"

Trabalho visando a estreia

"Futebol não tem muita ciência. Futebol é um só. Começamos a direcionar algumas coisas. Conversei com os jogadores para que eles saibam das responsabilidades que possuem a partir de agora. Estamos preparando o grupo não apenas para essa partida, pois temos toda uma competição para disputar. O Brasileiro não termina no domingo, ainda faltarão outras 33 rodadas. Será o primeiro jogo meu, mas o campeonato só termina em dezembro. Vamos trabalhar pensando no torneio como um todo"

Panorama encontrado no Vasco

"O que aconteceu antes da minha chegada não me interessa. Não soma nada para mim, pois não estava com o grupo aqui. Vai ser importante o que iremos construir daqui para frente. Temos toda uma competição para disputar, e duas vitórias dentro do Brasileiro muda muita coisa. O passado recente do Vasco, com três quedas, não é bonito, porém a história do clube é muito bonita. O que quero trabalhar? O futuro! Vamos trabalhar para recolocar o Vasco no rumo das vitórias. Os jogadores precisam entender o que é o Vasco da Gama, o que representa estar nessa instituição, o que ela tem de grandeza. Vamos pensar em coisas positivas daqui para frente, tendo como inspiração tudo que o clube conquistou"

Oportunidade de contribuir para uma virada do Vasco

"Eu não gosto da palavra desafio. A vida é feita de possibilidades e oportunidades. Desafio é para quem não tem condição de fazer absolutamente nada. O Vasco acredita no meu potencial profissional e está confiando em mim a missão de recolocá-lo em seu devido lugar, honrar sua tradição. É uma possibilidade ímpar ter a chance de resgatar o Vasco naquilo que ele tem de bonito.

Postura do Vasco comandado pelo Luxemburgo

"Os jogadores precisam entender o que é o Vasco da Gama e o motivo de estarem aqui. Se eles não souberem o que representa o Vasco da Gama, o motivo de estarem aqui, não adianta nada. Eu sei porque estou aqui, então eles precisam saber também. Entendendo a história do clube, eles vão saber o quanto precisam se dedicar, o quanto precisam se empenhar para sair dessa situação. O time que eu quero é brioso, aguerrido. Joguei muitas vezes contra o Vasco e sempre encontrei uma equipe difícil de ser batida. O adversário precisa respeitar o Vasco dentro da sua casa".

Meta inicial no Vasco

"Coloquei uma meta sim: vencer o Avaí no domingo. A primeira meta nossa é o jogo de domingo, que é uma decisão. Se não encararmos essa partida como uma decisão, complicou. Acabando o jogo de domingo, iremos começar a pensar numa outra decisão. O Brasileiro é um campeonato longo e às vezes você fica disperso, então você que incentivar e fazer os jogadores tratarem todas as partidas como uma decisão, identificando, claro, os adversários que você vai disputar os jogos mais decisivos ainda"

Importância do torcedor

"O torcedor está muito envolvido e chateado com esse passado recente do Vasco, mas se ele tiver paciência e caminhar junto conosco, o trabalho irá dar certo. O torcedor é fundamental nesse processo de reconquista da época de glória. Diria até que ele tem uma importância de 80 por cento. Se a torcida se voltar contra nós, teremos um adversário aqui dentro. É muito importante essa empatia entre time e torcida"

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.