Campeonato Brasileiro

Santos vence, assume segundo lugar e deixa Vasco na lanterna do Brasileiro

Peixe continua invicto no Brasileiro; Cruz-maltino soma apenas um ponto.
Imirante Esporte, com informações da CBF12/05/2019 às 19h55
Santos vence, assume segundo lugar e deixa Vasco na lanterna do BrasileiroO Santos venceu o Vasco no Pacaembu. (Ivan Storti / Santos FC)

SÃO PAULO - O Santos continua sem sentir o dissabor da derrota do Brasileirão. Neste domingo (12), o Peixe não tomou conhecimento do Vasco no Pacaembu, se impôs na partida e bateu o Cruz-Maltino por 3 a 0, assumindo a vice-liderança da Série A. Diego Pituca, Rodrygo e Soteldo balançaram as redes para o Alvinegro no jogo válido pela quarta rodada da Série A.

O resultado coloca o time do técnico Sampaoli na segunda posição do Brasileirão, com dez pontos (o mesmo número do líder Palmeiras). O Vasco, por outro lado, ainda não venceu e amarga a lanterna da competição, com um ponto somado.

Depois de o Vasco pressionar nos primeiros minutos, foi do Peixe a primeira grande chance do jogo. Aos 12 minutos, Sanchéz rolou rasteiro para Rodrygo, que soltou uma bomba de primeira. Mas Pikachu foi heroi e salvou quase em cima da linha. Acontece que o Santos queria muito pular na frente. E conseguiu. Na marca dos 18, Sidão vacilou na saída de bola, Rodrygo foi mais esperto que a defesa cruz-maltina e deu leve toque para Diego Pituca. O volante bateu colocado e abriu o placar no Pacaembu. O Vasco chegou a reagir rapidamente com Maxi López. Mas o árbitro de vídeo indicou que o atacante estava em posição irregular, aos 22 da etapa inicial. Porém foi o Santos quem encontrou de novo o caminho das redes. Dez minutos depois, Rodrygo fez linda jogada individual pela direita e bateu sem chances para Sidão.

O Cruz-Maltino voltou mais organizado do intervalo. Logo aos dois minutos, por pouco não diminuiu em cabeceio de Lucas Mineiro. Aos poucos, o Santos foi retomando o controle da partida. Tanto que, aos 25 minutos, Soteldo chutou colocado de esquerda e acertou o travessão de Sidão. Na jogada seguinte, Sanchéz recebeu passe de Jean Mota e mandou na trave. Pois é, mas quem tenta alcança. E o Santos fez mais um. No minuto seguinte, aos 27, Rodrygo fez mais uma bela jogada, tabelou com Jean Mota, invadiu a área e tocou para Soteldo. O venezuelano teve apenas o trabalho de tocar para o fundo das redes: 3 a 0. Para piorar a situação dos cariocas, o lateral Danilo Barcelos recebeu o segundo amarelo aos 41 minutos e foi expulso.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.