Campeonato Brasileiro

Corinthians tem que ser protagonista nos campeonatos, diz Ramiro

Meio-campista também falou da expectativa para o jogo entre o Alvinegro e a Chapecoense.
Imirante Esporte, com informações da Agência Corinthians30/04/2019 às 20h33
Corinthians tem que ser protagonista nos campeonatos, diz RamiroRamiro, meia do Corinthians. (Divulgação / Agência Corinthians)

SÃO PAULO - Nesta terça-feira (30), o Corinthians deu sequência à preparação para o duelo com a Chapecoense, nesta quarta (1º), pela segunda rodada do Brasileirão. No CT Dr. Joaquim Grava, o meia Ramiro atendeu a imprensa logo após o treinamento.

"São desafios maiores para os dois lados, como os times acabam se conhecendo no seu setor, quem tiver a bola tem que fazer algo diferente, o adversário está com as características na cabeça. Procurar fazer mais um bom jogo dentro da Arena", disse sobre o duelo com a equipe catarinense.

Ramiro também comentou sobre os desfalques da equipe nos últimos jogos, contra a mesma Chape, pela Copa do Brasil, e contra o Bahia, na estreia do Brasileirão. "A gente fica triste quando tem colega no DM, mas faz parte da profissão. Temos que enaltecer quem vai entrar e vai procurar dar conta do recado. Vamos tentar manter o nível de atuação, melhorar o entrosamento".

O camisa 28 falou ainda sobre a disputa por uma vaga no meio de campo e sobre sua adaptação ao Corinthians. "Briga boa (com Urso). Isso fortalece o Corinthians, ninguém tem cadeira cativa, tem que buscar seu espaço. Junior voltando seremos colegas de grupo. Vamos deixar nas mãos do Carille para escalar. Leva um pouco de tempo, mas o mais importante de tudo isso são os jogadores se conhecerem. Dar o passe sem olhar, saber o tipo de bola que o cara quer receber. Tem jogador que gosta de bola no pé e outro no espaço, em profundidade. Isso é o tempo para conhecer".

Na sequência, Ramiro defendeu o trabalho desenvolvido pelo Corinthians na temporada e garantiu que, aos poucos, a equipe irá evoluir. “A gente não pode e nem vai mudar da água para o vinho, do dia para a noite. Defensivamente temos um plano tático esclarecido para todos. Temos que gostar de ficar com a bola, ter prazer de atacar o adversário e agredir. O tamanho do Corinthians pede isso, que seja protagonista nos campeonatos. Temos que manter o padrão defensivo sólido, sem sofrer gols, e no ataque alimentar os jogadores de frente para sair mais gols", disse o meia.

Por fim, o jogador destacou que o Corinthians irá evoluir para brigar por mais uma taça na temporada. "Sou muito pé no chão, óbvio que o objetivo é ser campeão no final, mas é passar por um processo de evolução jogo a jogo, são 38 jogos, tem outras competições no ano. Temos margem para crescimento, espero que no fim do ano a gente conquiste pelo menos um título destas competições", concluiu, referindo-se à disputa da Copa Sul-Americana.

Corinthians e Chapecoense se enfrentam neste feriado de 1º de maio (quarta-feira), às 16h, na Arena Corinthians, pela segunda rodada do Brasileirão 2019.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.