Campeonato Carioca

Vasco vence Fluminense e termina primeira fase da Taça Guanabara com 100%

O gol vascaíno foi marcado por Yago Pikachu, de pênalti.
Divulgação/Assessoria02/02/2019 às 20h27
Vasco vence Fluminense e termina primeira fase da Taça Guanabara com 100%Yago Pikachu comemora após marcar de pênalti. (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

RIO DE JANEIRO - O Vasco venceu o Fluminense por 1 a 0 neste sábado (2), no Mané Garrincha e garantiu o primeiro lugar do Grupo A da Taça Guanabara com 100% de aproveitamento (cinco vitórias em cinco jogos). O gol vascaíno foi marcado por Yago Pikachu, de pênalti.

O próximo compromisso do Gigante da Colina na Taça Guanabara será neste fim de semana. O Cruzmaltino vai encarar o segundo colocado do Grupo B. Data, horário e local serão definidos pela FERJ nos próximos dias.

O jogo

O Vasco começou com tudo. Com dez segundos, Marrony puxou pela esquerda e cruzou. A bola passou pelo goleiro, que desviou levemente e enganou Pikachu, que acabou cabeceando para fora. Aos 14, Ribamar foi chutado por Ezequiel na entrada da área. Pikachu cobrou colocado, mas acertou a barreira. Aos 23, Marrony fez boa jogada pela esquerda e tocou em Cáceres, que cruzou de primeira. A bola bateu no braço de Nathan Ribeiro. Pênalti que Pikachu cobrou com categoria para abrir o placar: VASCO 1 a 0.

Pouco depois do gol, o Fluminense chegou com uma bola levantada na área que Yoni González cabeceou e Fernando Miguel fez grande defesa, mas o auxiliar assinalou impedimento. Aos 46, Ribamar foi lançado e dividiu com o goleiro. Ganhou, mas acabou demorando para definir e perdeu grande oportunidade de ampliar o placar. No último lance do primeiro tempo, Werley deixou Thiago Galhardo na boa, mas o camisa 8 pegou muito embaixo e mandou longe.

As primeiras boas oportunidades no segundo tempo foram criadas pelo lado esquerdo. Aos 7, Thiago Galhardo roubou bola e tentou cruzamento em Pikachu, mas Rodolfo chegou antes. Dois minutos depois, Marrony acelerou pelo lado e buscou Ribamar, mas a zaga afastou antes de chegar no camisa 9. Aos 21, o técnico Alberto Valentim promoveu a estreia de Maxi López, colocando-o no lugar de Ribamar.

Logo na primeira bola, Maxi lançou Yan Sasse, que tentou enfiada para Thiago Galhardo, que não alcançou. O Fluminense buscava o empate, mas o Vasco se defendia bem e tentava encaixar um contra-ataque para matar o jogo. Aos 38, Danilo Barcelos cobrou falta com muita categoria e não ampliou por muito pouco. Aos 41, o adversário chegou novamente em bola parada e Fernando Miguel fez excelente defesa. No último lance do jogo, Maxi recebeu em profundidade, não viu Andrey, que entrava sozinho, e arriscou o chute, que explodiu na defesa.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.