Campeonato Carioca

Flamengo vence o Boavista e avança às semifinais da Taça Guanabara

Rubro-Negro conquistou a vitória diante de 30 mil torcedores no Maracanã.
Imirante Esporte, com informações do CR Flamengo29/01/2019 às 22h39
Flamengo vence o Boavista e avança às semifinais da Taça GuanabaraTrauco e Uribe comemoram gol do Flamengo. (Alexandre Vidal / CR Flamengo)

RIO DE JANEIRO - Vitória com autoridade e vaga na semifinal garantida. O Flamengo venceu o Boavista na noite desta terça-feira, no Maracanã, por 3 a 1, e se classificou com antecipação para a próxima fase da Taça Guanabara. Diante de mais de 30 mil torcedores, Henrique Dourado, Uribe e Rodrigo Caio marcaram os gols que garantiram o triunfo. No próximo domingo, o Rubro-Negro encara a Cabofriense, também no Maracanã, às 17h, na última rodada.

O jogo

O Flamengo não quis saber de esperar e já foi para cima do Boavista nos primeiros minutos de jogo. Aos três, Gabriel tabelou com Trauco, que cruzou rasteiro para Vitinho, mas o chute saiu para fora, levantando a torcida. O Boavista tinha sérias dificuldades para passar do meio campo. Piris e Jean Lucas fechavam bem os acessos, comprimindo a equipe em seu campo e limitando as saídas.

O jogo caiu em movimentação, e só teve lance perigoso após a parada técnica. Primeiro, Gabriel quase fez encobrindo o goleiro, mas a bola desviou e foi a escanteio. Na cobrança, Leo Duarte quase faz de peixinho, na melhor oportunidade.

O gol era questão de tempo e saiu. A superioridade rubro-negra se confirmou aos 39. Vitinho primeiro, em chute que o goleiro Rafael defendeu bem, mas a bola sobrou para Dourado, que não perdoou e chutou no canto, sem chance de defesa. Flamengo na frente.

Dois minutos depois, Gabriel teve a chance de ampliar. O nove recebeu belo lançamento de Arrascaeta, chamou o zagueiro para o drible e chutou forte, mas Rafael espalmou e o primeiro tempo terminou assim.

A etapa final não começou bem. Logo aos quatro, o Boavista empatou. Arthur chutou de fora da área, longe do alcance de César. O Flamengo agiu logo para retomar a pressão do primeiro tempo e voltou a apertar o Boavista. De Arrascaeta e Gabriel tiveram boas chances de marcar o segundo. Abel tirou Vitinho e colocou Bruno Henrique. No seu primeiro lance, o jogador ajeitou bem para o uruguaio Arrascaeta chutar e a bola bater na rede do lado de fora.

Abel fez outras mudanças, colocando Everton Ribeiro em Jean Lucas e Fernando Uribe na posição de Dourado. O colombiano fez o que dele se espera. Aos 31, Trauco fez boa jogada pela esquerda e cruzou. O centroavante estava lá para conferir e botar o Flamengo na frente de novo.

Só dava Flamengo e aos 38, quase o terceiro. Bruno Henrique disparou pela esquerda e cruzou para Gabriel, mas a zaga desviou no momento certo, evitando o gol. Mas a bola estava destinada a entrar e entrou. Aos 43, Everton Ribeiro cruzou e Rodrigo Caio guardou, marcando seu primeiro gol pelo clube, para fechar a noite rubro-negra.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.