Taça Guanabara

Flamengo empata com Resende pelo carioca

Joseph abriu o placar para o Alvinegro, mas Henrique Dourado, de bicicleta, deixou tudo igual.
Imirante Esporte, com informações do Flamengo23/01/2019 às 20h48
Flamengo empata com Resende pelo cariocaNa próxima rodada, o Flamengo encara o clássico contra o Botafogo, no Engenhão, às 17h, no sábado (26). ( Foto: Divulgação / Flamengo)

RIO DE JANEIRO - O Flamengo empatou com o Resende em 1 a 1 nesta quarta-feira (23), em Volta Redonda, pela segunda rodada da Taça Guanabara, chegando a quatro pontos na competição, ficando na segunda colocação no grupo C. Henrique

Dourado marcou o gol rubro-negro no primeiro tempo, em uma bicicleta sensacional. Na próxima rodada, o Flamengo encara o clássico contra o Botafogo, no Engenhão, às 17h, no sábado (26).

O jogo marcou a estreia de De Arrascaeta e Gabriel Barbosa no time rubro-negro. O uruguaio foi bem no primeiro tempo e participou do gol de Dourado, com belo passe para a assistência de Trauco. Gabriel se movimentou bastante, mas não recebeu muitas bolas para tentar a conclusão. O camisa nove ficou até o final da partida.

O jogo

O primeiro tempo foi bem animado em Volta Redonda. O time do Resende foi para cima e apertou o Flamengo no início e aos 12 minutos já havia atacado com perigo duas vezes. O time bastante modificado de Abel Braga demorou a se encontrar em campo e saiu atrás. Aos 18 minutos, Joseph subiu alto em escanteio e abriu o placar.

Logo após o gol, o árbitro parou a partida para hidratação dos jogadores, e na volta, o Flamengo empatou. E não só empatou. Foi um golaço! De Arrascaeta lançou Trauco, o lateral cruzou e Henrique Dourado meteu uma bicicleta de almanaque para igualar o jogo. Com o gol e o tempo, o Flamengo foi melhorando e dominando o campo. Trauco, muito bem na partida, quase fez outro golaço, com um chute espetacular do meio campo que quase surpreendeu o goleiro Ranule. E assim terminou o primeiro tempo.

O time voltou do vestiário sem mudanças. Com seis minutos, os refletores do Estádio se apagaram e a partida ficou parada por quase vinte minutos. Quando o jogo voltou, os times demoraram a esquentar novamente. Abel Braga mexeu em dobro, tirando Jean Lucas e De Arrascaeta e colocando Vitinho e Thiago Santos, respectivamente, em seus lugares. Matheus Dantas sentiu e saiu para a entrada de Cuéllar.

Já bem perto do final, Vitinho tentou de longe para surpreender o goleiro e quase marcou um golaço, mas a bola caprichosamente saiu por cima. Um minuto depois, o mesmo Vitinho cobrou falta com muito perigo, só que a bola, novamente, não entrou. E assim acabou.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.