Campeonato Paulista

De virada, São Paulo goleia Mirassol em estreia no Paulistão

Tricolor levou susto no primeiro tempo, mas se recuperou com grande atuação na etapa final.
Imirante Esporte, com informações do São Paulo FC19/01/2019 às 20h52
De virada, São Paulo goleia Mirassol em estreia no PaulistãoO São Paulo derrotou o Mirassol no Pacaembu. (Rubens Chiri / São Paulo FC)

SÃO PAULO - O São Paulo estreou com o pé direito, pé esquerdo, de cabeça... Teve gol de todos os jeitos na vitória do Tricolor por 4 a 1, de virada, sobre o Mirassol, neste sábado (19), no Pacaembu, em duelo válido pela rodada de abertura do Campeonato Paulista de 2019. O primeiro gol foi do adversário - Bruno Peres, contra -, mas Anderson Martins (de cabeça), Pablo (de cabeça), Reinaldo (de pé esquerdo) e Hudson (de pé direito) colocaram o São Paulo à frente no marcador.

A torcida são-paulina também deu um show à parte e marcou presença no Pacaembu, cantando e empurrando a equipe durante os 90 minutos: o público foi de 20.355 pagantes e a renda de R$ 673.518,00. O próximo desafio do time comandado por André Jardine será na quinta-feira (24), diante do Novorizontino, às 21h, em Novo Horizonte, no interior paulista.

No primeiro tempo, o time são-paulino encontrou dificuldades para furar o bloqueio armado pela equipe rival. Para piorar os planos tricolores, o Mirassol abriu o placar aos 12 minutos, em um contra-ataque, com Bruno Peres empurrando contra o próprio gol. A reação, porém, não demorou a chegar. Aos 29 minutos, Nenê cobrou escanteio, e Anderson Martins aproveitou, de cabeça: 1 a 1.

Após ver a etapa inicial terminar em igualdade, o técnico André Jardine procurou mexer em alguns posicionamentos no intervalo. E deu certo. No segundo tempo, só deu São Paulo.

Logo aos 5 minutos da etapa complementar, Pablo aproveitou cruzamento de Reinaldo e deu belo cabeceio para o fundo do gol: 2 a 1 para o Tricolor e muita festa no Pacaembu. Aos 13 minutos, Nenê cobrou falta no travessão e, na sobra, o time são-paulino recuperou a bola e o mesmo Nene cruzou para Reinaldo, na raça, de pé esquerdo, marcar: 3 a 1.

O quarto gol tricolor foi uma pintura. Helinho fez boa jogada pela direita e tocou para Bruno Peres, que mandou de calcanhar para trás. Hudson, da entrada da área, encheu o pé e mandou um chutaço, sem chances para o goleiro: 4 a 1 para o São Paulo.

André Jardine ainda teve tempo para colocar Liziero, Brenner e Everton Felipe em campo, nos lugares de Hudson, Helinho e Pablo, respectivamente. O Tricolor quase fez mais gols, mas a estreia de respeito já estava decretada.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.