Futebol

De contrato renovado, Rodolfo fala sobre titularidade no Fluminense

Novo dono da camisa 1 tricolor também fez elogios ao técnico Fernando Diniz.
Imirante Esporte, com informações do Fluminense FC14/01/2019 às 20h38
De contrato renovado, Rodolfo fala sobre titularidade no FluminenseRodolfo, goleiro do Fluminense. (Lucas Merçon / Fluminense FC)

RIO DE JANEIRO - Com preparação intensa no CT da Barra da Tijuca, o Fluminense inicia a semana de estreia na Taça Guanabara pensando no confronto diante do Volta Redonda às 19h de sábado, no Maracanã. Após o treino da parte da manhã, o goleiro Rodolfo falou em entrevista coletiva sobre seu momento na titularidade do gol Tricolor.

"Meu trabalho é no dia a dia, desempenhando, treinando bem. Não podemos nos acomodar, não vou deixar isso acontecer. Treino todos os dias com o grupo, treino feliz. Tudo que eu fizer aqui no CT vai dar bons resultados dentro de campo, na hora do jogo. Sempre estou de bem com a vida, sempre mostrei isso, tanto pré-jogo, quanto pós-jogo. Eu sou assim", declarou Rodolfo, comentando sobre a renovação de seu contrato com o Flu.

"Estou bem feliz pela confiança que estão me passando. Renovar meu contrato por mais três anos foi um voto de confiança muito bom, espero retribuir isso dentro de campo. O Júlio César foi um grande goleiro aqui no Fluminense. Eu ajudava muito ele, ele me ajudava também, sempre um apoiando o outro. Ele me ajudou bastante aqui ano passado e agora espero retribuir, fazer o que ele fez ano passado aqui e quem sabe, fazer ainda melhor", disse. O goleiro também ressaltou o bom relacionamento com o técnico Fernando Diniz.

"O Fernando Diniz me ligou nas férias, dizendo que contava comigo. No jogo dele, o goleiro precisa muito jogar com os pés. Estamos trabalhando muito, todos os nossos aquecimentos fazemos trabalhos com os pés", explicou o atleta, tranquilizando a torcida quando perguntado sobre uma pancada que levou na última semana, durante o treino.

"Estou bem melhor sim, foi só um susto. Mas seguimos o protocolo que os médicos têm que fazer. Fiquei com uma dor muscular, não pegou em nenhum osso da cervical. Foi só um susto, no mesmo dia já estava treinando. Não vai ser pouca coisa assim que vai me tirar dos treinos e dos jogos", comemorou. Rodolfo completou ainda prevendo um ano de muitos desafios, mas garante que não faltará empenho.

"Hoje eu estou preparado. Por tudo que já passei, pela minha história de vida, eu já estou preparado dentro e fora de campo. Representar a camisa do Fluminense, um time gigante, é muito bom. Me sinto muito bem aqui dentro, sinto que chegou a minha hora. Vou entrar de cabeça e jogar", finalizou o goleiro.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.