Série A

Técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira lamenta derrota para o Bahia

O técnico do Tricolor comentou sobre desconcentração dos jogadores e projetou últimas rodadas do Brasileiro.
Imirante Esporte, com informações do Fluminense FC23/11/2018 às 21h24
Técnico do Fluminense, Marcelo Oliveira lamenta derrota para o BahiaFluminense segue na 13ª posição na tabela do Brasileirão, somando 42 pontos. (Foto: Mailson Santana/ Fluminense FC)

SALVADOR - Depois da derrota por 2 a 0 para o Bahia na noite dessa quinta-feira (22), na Arena Fonte Nova, o técnico Marcelo Oliveira falou sobre a partida da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador Tricolor lamentou os gols sofridos por falta de concentração, mas confia na recuperação dos pontos nas duas últimas rodadas da competição.

Leia também: Bahia vence em casa e complica Fluminense na luta contra a degola

"Jogar aqui é sempre muito difícil pela qualidade do time do Bahia, pelo entrosamento que tem. Tivemos uma pressão muito grande no início do jogo, mas depois controlamos a partida. No segundo tempo, por uma infelicidade, levamos os gols. O Bahia poderia ter feito antes o gol, mas talvez não daquela maneira", comentou.

Ao fazer uma análise sobre o jogo, o técnico falou sobre a falta de concentração dos jogadores diante o Bahia: "Parece que as nossas dificuldades trazem, inconscientemente, uma desconcentração e que o adversário se aproveita disso. Além do muito pouco poder ofensivo em todos jogos, por mais que estejamos treinando e orientando, não estamos conseguindo chegar. Perdemos muitas oportunidades, como nos jogos contra Vasco e Sport, que jogamos bem e não conseguimos fazer gol".

Analisando as últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, Marcelo Oliveira falou que o objetivo do Fluminense é buscar melhores resultados diante os próximos rivais. "Vamos estudar agora qual o time que vai jogar contra o Internacional. São jogadores que lutam muito, são muito comprometidos e queremos muito conquistar esse ponto necessário para não depender de ninguém no Brasileiro e focar na Sul-Americana. Quando resolvi ser treinador, me preparei para todas as situações e vou me doar ao máximo sempre, buscando resultados melhores", finalizou o técnico.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.