Campeonato Brasileiro

Léo Duarte pede atenção ao Flamengo e afirma: “não podemos errar mais”

Para o zagueiro, a equipe rubro-negra terá que atuar com inteligência no clássico contra o Botafogo.
Imirante Esporte, com informações do CR Flamengo08/11/2018 às 21h09
Léo Duarte pede atenção ao Flamengo e afirma: “não podemos errar mais”Léo Duarte, zagueiro do Flamengo. (Gilvan de Souza / CR Flamengo)

RIO DE JANEIRO - O Flamengo terá mais um desafio importante pelo Campeonato Brasileiro na noite deste sábado (10) e a preparação segue firme no Ninho do Urubu. Antes do treino desta quinta-feira (8), o zagueiro Léo Duarte concedeu entrevista coletiva e ressaltou a importância de não cometer erros na partida contra o Botafogo.

“Temos que encarar os jogos com muita seriedade. Não podemos mais errar. Os erros têm que sumir. Vamos pensar jogo a jogo. Contra o Botafogo é um clássico e temos que fazer uma boa exibição para vencer.”

O camisa 43 elogiou a postura que a equipe vem tendo no decorrer dos jogos, mas cobrou mais concentração na hora de definir as jogadas.

“O time está bem, dificilmente sai das partidas sem fazer gols, mas falhamos em algumas ocasiões decisivas. Temos que nos concentrar para aproveitar quando a oportunidade acontecer. Não aproveitamos contra o Palmeiras e o São Paulo.”

Após dois jogos contra times da parte de cima da tabela, o Flamengo irá enfrentar o Botafogo, que está na briga para fugir da zona do rebaixamento. Léo Duarte falou sobre as duas situações.

“Muda pouca coisa enfrentar quem está na parte de baixo da tabela. Vale muito para os dois clubes. Ainda mais sendo clássico.”

Por fim, o camisa 43 falou sobre Vitinho e espera que o atacante consiga balançar as redes enfrentando o seu ex-clube no sábado.

“Vitinho é um grande jogador e sabíamos que com a sequência e adaptação ia se soltar mais, o futebol ia desenvolver. O erro faz parte do jogo. Tomara que ele tenha essa lei do ex que todo mundo fala.”

Confira outros trechos da coletiva:

Momento do César

“O César é um pouco mais velho que eu, mas passou pela mesma situação. Também veio da base, tem muita qualidade, pega demais, e trabalha firme. Sabíamos que ele ficaria quando tivesse a oportunidade. O nível é muito alto”

Estilo de jogo com Dorival

“Nosso tipo de jogo é de posse de bola, que gosta de envolver o adversário. Claro que enfrentamos times de qualidade, mas nosso time é assim. Temos a bola e também somos fortes na defesa. Essa é a nossa cara”

Momentos decisivos para o elenco

“O grupo continua o mesmo, com a mesma pegada e gosta de decisão. Passamos por varias este ano. Jogar no Flamengo é isso. Jogo grande e decisão. Temos que pensar jogo a jogo e não errar. Esperamos fazer ótimas seis partidas e somar o maior número de pontos”

Gratidão ao Flamengo

"Eu procuro trabalhar bastante pois foi difícil a corrida até chegar no time profissional. Fiquei dois anos parado, mas sempre buscando, me dedicando. Graças a Deus a oportunidade apareceu e consegui me firmar, mostrar meu futebol. Agradeço muito ao Flamengo porque quando eu era mais novo às vezes faltava o alimento em casa, nunca passei fome, mas a gente passava necessidades e o clube me deu a chance de ajudar a minha família. Sou muito grato, pretendo ficar aqui o maior tempo possível e conquistar muitos títulos"

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.