Copa Sul-Americana

Marcelo Oliveira lamenta gol sofrido pelo Fluminense nos acréscimos: "ficou um gosto amargo"

Jogando em casa, o Tricolor teve que se contentar com o empate diante do Nacional, pela Copa Sul-Americana.
Imirante Esporte, com informações do Fluminense FC25/10/2018 às 21h23
Marcelo Oliveira lamenta gol sofrido pelo Fluminense nos acréscimos: "ficou um gosto amargo"Marcelo Oliveira, técnico do Fluminense. (Lucas Merçon / Fluminense FC)

RIO DE JANEIRO - O Fluminense vencia o Nacional-URU por 1 a 0 até os 43 minutos da etapa final. Após um escanteio, os uruguaios empataram a partida e deixaram um "gosto amargo" no técnico Marcelo Oliveira, que lamentou a forma como o gol foi sofrido, já que a equipe treina bastante bolas aéreas.

"A forma como jogamos foi a melhor, estávamos marcando bem e saindo, criamos três ou quatro oportunidades, tivemos um gol anulado no limite. Ficou um gosto amargo porque sofremos um gol em uma jogada que somos muito bons e aos 43 do segundo tempo. É possível, podemos jogar mais do que jogamos aqui e fazer dois tempos mais regulares", analisou o treinador.

Confira outros trechos da coletiva do treinador:

Classificação

"É possível sim. Esse grupo já se superou diversas vezes. Assim como eles empataram aqui, podemos vencer lá. O que precisamos é ter uma atuação mais regular. Começamos bem, marcamos, mas depois passamos a dar muitas chances a eles. No segundo tempo foi mais controlado, corrigimos a marcação. Tivemos bons contra-ataques, mas faltou capricho. De toda forma, o Nacional é um time bom, luta muito, tem bons jogadores. Vamos nos preparar bem e temos certeza que podemos voltar com a classificação".

Reservas contra o Santos

"Meu pensamento é escalar um time reserva no fim de semana. Não deveria ser assim, mas o calendário impõe essa condição. Vamos jogar quarta, sábado e depois quarta novamente em uma viagem internacional. Vamos com um time alternativo, temos toda confiança nos jogadores que estão treinando e vamos buscar um grande resultado lá da mesma forma".

Marcação do adversário

"Hoje, especificamente, foi uma imposição do adversário. O futebol uruguaio marca muito. Rodamos a bola mas não encontramos espaço. Estávamos ganhando o jogo, não era um resultado ruim. Eles não deixaram nossos volantes jogar".

Situação de Gum

"O Gum teve uma torção leve no tornozelo e uma pancada no joelho. Fiquei mais preocupado na hora que saiu, mas agora conversando a gente ainda não tem a decisão do departamento médico, mas dá a impressão de que vai se recuperar para quarta-feira. Vai fazer os exames, mas não parece ter sido nada grave".

Regularidade

"Nosso grande desafio é fazer o time ser mais regular. Fomos bem contra o Atlético, hoje estava bem controlado até o gol. Era um jogo difícil, apesar da expectativa de uma vitória mais convincente, acabamos levando um gol. É um desafio nosso. Vamos buscar essa consistência. É para isso que se treina".

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2018 - Todos os direitos reservados.