Copa Libertadores

Willian minimiza vitória palmeirense no Chile e prega respeito ao Colo-Colo

Perto da vaga nas semifinais da Libertadores, o Palmeiras encara a equipe chilena nesta quarta-feira (3).
Imirante Esporte, com informações da Agência Palmeiras02/10/2018 às 20h57
Willian minimiza vitória palmeirense no Chile e prega respeito ao Colo-ColoWillian, atacante do Palmeiras. (Cesar Greco / Agência Palmeiras)

SÃO PAULO - Depois de vencer o Colo-Colo por 2 a 0, no Chile, o Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira (03), às 21h45, no Allianz Parque, para buscar uma vaga nas semifinais da Conmebol Libertadores. Apesar da ótima vantagem obtida fora de casa, o atacante Willian mostra muita cautela com o futuro do Alviverde na competição internacional.

“A gente deixa toda a euforia para o lado do torcedor, mas aqui temos de ter respeito e seriedade. Não tem nada definido. Será um jogo difícil, sabemos que encontraremos muitas dificuldades, até mais do que foi lá. Temos de estar preparados para fazer um grande jogo. Claro que temos de aproveitar a vantagem, mas temos de ser inteligentes em campo para conquistar o nosso objetivo, que é chegar às semifinais”, afirmou o jogador, que quer um time atento dentro da arena palestrina.

“É um jogo de mata-mata, fizemos um grande jogo lá e conseguimos a vitória. Mas não tem nada definido, tenho certeza de que eles vêm para cá com total disposição, acreditando naquilo que fizeram contra o Corinthians. Temos de estar ligados para não dar margem de erros para eles. Precisamos aproveitar a vantagem, mas temos de manter a mesma forma que a gente vem jogando e impor o nosso ritmo. Mata-mata é resolvido nos detalhes, então temos de estar ligados o tempo todo”, falou.

Willian aproveitou para exaltar o crescimento do Palmeiras nos últimos jogos. “É um momento especial, que possamos desfrutar disso o máximo possível. Tanto o Brasileiro quanto a Libertadores são campeonatos especiais. Que os jogadores que estiverem em campo deem o seu melhor para conseguimos o nosso objetivo, que é ser campeão e marcar o nome na história do clube”, disse. “A gente vem mantendo um bom nível. Que possamos manter a equipe regular, vivendo cada jogo. Que a gente possa cravar essa classificação coroando com um grande jogo e aí sim voltar o foco para o Brasileiro”, completou.

O atacante, inclusive, negou que o elenco já esteja pensando no clássico de sábado (06), às 18h, contra o São Paulo, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. “O nosso foco total é na quarta-feira, não adianta querer falar do clássico contra o São Paulo sendo que a gente tem uma grande oportunidade de vencer na quarta e ir para uma semifinal de Libertadores. O nosso maior desafio é quarta, todos estão focados para aproveitar essa oportunidade. Temos de fazer um grande e, se Deus quiser, passar à semifinal. E, aí sim, mudar a chavinha e pensar no jogo de sábado, que é muito importante”, declarou o atleta.

Por fim, o palmeirense valorizou a sua evolução dentro do clube. “Quero ser importante, claro que quero ser valorizado. E, graças a Deus e com muito trabalho, não posso deixar de falar. Em um ano e meio de Palmeiras, eu consegui ter o meu contrato renovado, sendo valorizado e reconhecido pelo presidente, toda a diretoria e todo o clube. Todo o respaldo que temos do torcedor, isso nos alegra bastante. O que quero cada vez mais é colocar em prática a minha regularidade e força de vontade. A gente sabe que às vezes sobrará uma bola e temos de estar preparados para fazer os gols. Não quero ser o cara do time, cada um tem o seu valor, temos de respeitar”, finalizou o camisa 29.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.