Campeonato Brasileiro

Cuéllar nega saída do Flamengo e exalta torcida rubro-negra

Volante colombiano deve ser titular na partida contra o Vitória, nesta quinta-feira (23).
Imirante Esporte, com informações do CR Flamengo21/08/2018 às 20h23
Cuéllar nega saída do Flamengo e exalta torcida rubro-negraCuellar, volante do Flamengo. (Gilvan de Souza / CR Flamengo)

RIO DE JANEIRO - O Flamengo se reapresentou nesta terça-feira (21) para iniciar a preparação para o confronto diante do Vitória, válido pelo Brasileirão. Após a atividade, o volante Cuéllar concedeu entrevista coletiva no Ninho do Urubu.

"(Minha vontade de permanecer) não mudou nada. É normal que os jogadores se sentem com os seus representantes para falar sobre tudo. Acabei de renovar o meu contrato até 2022 e não quero sair até o fim desse primeiro contrato. Agradeço o Flamengo por tudo que tem me apoiado e me dado no futebol. Meu sentimento não muda. Quero ganhar títulos aqui, é o que todos querem quando estão em um clube grande. É normal falar de tudo um pouco. O meu sentimento de ficar no Flamengo continua", garantiu o camisa 8.

A equipe rubro-negra volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, no Maracanã, quando enfrenta o Vitória.

Confira outros trechos da entrevista:

Irritação no treino

"Me irritei comigo mesmo, isso é normal. Estão querendo colocar uma briga generalizada dentro do Flamengo que não existe. Temos um elenco muito qualificado e peço para quem está tentando tumultuar parar. Nosso time é cercado de coisas boas e nós queremos conquistar coisas grandes com o Flamengo."

Briga no vestiário com o Rodinei

"Totalmente falso. Estão querendo tumultuar um ambiente que é muito bom dentro do vestiário. Não quero nem pensar que tem gente desse jeito. Rodinei é meu amigo, meu parceiro e eu o admiro muito. Concentro com ele há três anos e fiquei até triste de ter cobrado na hora do jogo. Sempre quer dar o melhor para o Flamengo e tudo ficou no campo, é normal.

Usar a braçadeira de capitão

"Não imaginei, eu trabalhei para chegar nesse momento. Foi um ano difícil para mim e para a minha família sem jogar. Trabalhei para chegar ao time titular e jogar em uma equipe importante como é o Flamengo. Eu tive força de vontade para ficar aqui e buscar no dia a dia o melhor para o clube. Todos os atletas podem passar por esses momentos."

Torcida

"Para mim é importante demais o apoio do torcedor. Acabei de renovar o meu contrato. Se chegar alguma proposta importante, tem que passar pelo Flamengo primeiro, pois é o clube empregador. Estou muito feliz aqui e minha família também. Estou mostrando o meu potencial e quem está falando que eu estou pedindo para sair está errado. Não quero. Querem fazer tumulto onde não tem, ainda temos muitas coisas boas para conquistar."

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.