Copa Sul-Americana

Com casa cheia, Botafogo vence o Nacional (PAR) e avança às oitavas

Na próxima fase da Sul-Americana, o Alvinegro fará um duelo brasileiro contra o Bahia.
Imirante Esporte, com informações do Botafogo FR16/08/2018 às 22h49
Com casa cheia, Botafogo vence o Nacional (PAR) e avança às oitavasO Botafogo derrotou o Nacional, do Paraguai, e garantiu classificação. (Divulgação / Conmebol)

RIO DE JANEIRO - Com show da torcida e apoio de mais de 35 mil torcedores, o Botafogo venceu o Nacional (PAR) por 2 a 0 e avança para as oitavas da Sul-Americana. Rodrigo Lindoso e Leo Valencia fizeram os gols.

Na próxima fase, o adversário será o Bahia. Antes, o Botafogo volta o foco para o Campeonato Brasileiro, no qual enfrenta o Atlético-MG, domingo, no Estádio Nilton Santos.

O jogo

Com a torcida em grande número, dando espetáculo na arquibancada, mosaico e fogos, o Botafogo reviveu o clima de Libertadores. E fez pressão no Nacional o primeiro tempo todo, até abrir o placar.

No início, é verdade que o adversário se postou bem defensivamente e dificultou ao máximo. Mas o Botafogo tinha a opção da bola aérea. Rodrigo Lindoso e Igor Rabello cabecearam uma para fora. Aos 20, Valencia cruzou, Igor Rabello em posição duvidosa disputou e Lindoso mandou para a rede, mas a arbitragem anulou alegando impedimento.

Aos 28, um lance feio preocupou. Valencia lançou, Luiz Fernando foi na bola e o goleiro Rojas cortou de peixinho. Porém, Rojas e Luiz Fernado tiveram um choque de cabeças, precisando de longo atendiento médico.

Quando o jogo voltou, o Botafogo chegou ao seu gol. Valencia cobrou falta da direita na medida e Rodrigo Lindoso cabeceou no canto para marcar aos 37!

Teve outra boa oportunidade no primeiro tempo. Lindoso invadiu pela direita, cruzou rasteiro, Renatinho tentou de letra e levou perigo. Aguirre estava livre na área, mas a bola não chegou.

Na etapa final, o Botafogo quase ampliou logo no início. Leo Valencia cobrou escanteio, Carli cabeceou firme e Rojas fez grande defesa. Aos 6, Leo Valencia pegou sobra na área e bateu, carimbando a trave direita. Aos 12, Aguirre com um forte chute acertou a trave esquerda.

Teve mais: aos 20, Rodrigo Pimpão dominou bonito, passou por um e botou Luiz Fernando na cara do gol, mas a finalização parou em Rojas. Aos 24, Valencia acertou um belo chute com endereço, só que a zaga salvou quase em cima da linha.

O Nacional, que pouco atacava, deu um grande susto aos 25. Após tabela por dentro, Vieyra recebeu livre na área, tocou na saída de Saulo, mas rente à trave, para sorte do Botafogo.

O Botafogo respondeu. Primeiro com Pimpão, que entrou pela direita e bateu forte, obrigando boa defesa de Rojas. Depois com Carli, aos livre, pegando sobra na área e mandando por cima.

No fim, o Botafogo matou o jogo: Matheus Fernandes fez ótima jogada e deu o passe, Leo Valencia ajeitou de fora da área e soltou a bomba no canto para decretar a classificação, aos 44 minutos.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.