Copa Libertadores

Vasco é goleado pelo Racing e se complica na Libertadores

O Cruz-maltino tem apenas um ponto em três rodadas na competição nacional.
Imirante Esporte, com informações do CR Vasco da Gama19/04/2018 às 23h20
Vasco é goleado pelo Racing e se complica na LibertadoresCarlos Gregório Jr / CR Vasco da Gama

AVELLANEDA (ARGENTINA) - A equipe do Vasco da Gama entrou em campo na noite desta quinta-feira (19), diante do Racing, para mais um compromisso pela fase de grupos da Conmebol Libertadores 2018. O duelo, disputado no Estádio Presidente Perón, na Argentina, terminou com vitória adversária pelo placar de 4 a 0. O Cruz-maltino volta ao gramado neste domingo (22), diante da Chapecoense, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Pelo torneio internacional, a equipe vascaína volta ao gramado na próxima quinta-feira (26), às 21h30, em São Januário, novamente contra o Racing.

Atuando em seus domínios, foi o Racing quem começou o duelo levando perigo. Aos seis minutos, após cobrança de escanteio, Donatti apareceu para finalizar. Entretanto, foi parado pela bela defesa de Martín Silva. O Vasco respondeu na sequência, quando Wagner deu bom passe para Wellington concluir e mandar a redonda à esquerda do gol adversário. Aos 12 minutos, a arbitragem marcou pênalti para os donos da casa e Martín Silva cresceu para evitar o primeiro tento do Racing.

Mais adiante, aos 26, Andrés Ríos deixou Wellington de frente para o camisa 1 argentino. O volante perdeu o ângulo e devolveu para o atacante, bloqueado na hora do chute. Em seguida, Henrique cruzou, a bola passou por Wellington e sobrou para Wagner. O meia não conseguiu a finalização e a defesa do Racing afastou o perigo. Aos 32, o time adversário marcou com Centurión. Nos minutos finais da primeira etapa, os donos da casa ampliaram com Lautaro.

Antes do árbitro apitar o fim do tempo inicial, mais um pênalti foi marcado para o Racing. Mais uma vez, Martín Silva foi absoluto para evitar o gol na batida de Lisandro. Na volta para a segunda etapa do duelo, aos seis minutos, Zaracho ampliou a vantagem no placar. Quando o cronômetro marcava 13 minutos, mais uma penalidade máxima foi anotada para o time argentino. Desta vez, Lisandro converteu.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.