Campeonato Carioca

Botafogo bate o Flamengo e avança à final do Campeonato Carioca

Na decisão, o Alvinegro enfrentará o vencedor da semifinal entre Fluminense e Vasco.
Imirante Esporte, com informações do Botafogo FR28/03/2018 às 23h58
Botafogo bate o Flamengo e avança à final do Campeonato Carioca

RIO DE JANEIRO - Com grande atuação coletiva, o Botafogo venceu o Flamengo por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, eliminou o rival e se classificou para a final do Campeonato Carioca. O gol da vitória foi marcado por Luiz Fernando.

O Botafogo espera a definição do adversário na decisão: Fluminense ou Vasco.

O jogo

Uma partida elétrica desde o início. O Botafogo foi mais cauteloso, se fechou bem e saiu na boa, o Flamengo teve a posse de bola, mas pouco poder ofensivo.

Na primeira chance, aos 3 minutos, Moisés fez boa jogada e rolou, Leo Valencia bateu sem força. Aos 5, Diego assustou em finalização por cima. Aos 8, Luiz Fernando bateu com perigo.

O jogo poderia ter mudado aos 16, quando Diego deu um soco em Carli dentro da área. O árbitro Marcelo de Lima Henrique não deu pênalti nem o cartão vermelho. Pouco depois, cruzamento, Rabello cabeceou firme e Diego Alves espalmou.

O Flamengo voltou a ameaçar no jogo aéreo, em dois lances com Willian Arão. O Botafogo arriscou com Brenner de fora, Diego Alves pegou. Renatinho também tentou, para fora.

Até que o Botafogo encaixou a jogada ofensiva. Rodrigo Lindoso dominou no meio, Marcinho passou pela direita, recebeu ótimo lançamento e cruzou na medida para Luiz Fernando marcar, aos 38 minutos.

Na etapa final, o Flamengo partiu para a pressão com tudo, mas sem conseguir penetrar na defesa alvinegra.

Depois disso, Jefferson pegou chute de Vinicius Junior e cabeçada de Rhodolfo, viu outras finalizações para fora de Vinicius Junior e Réver. No lance de maior perigo, Henrique Dourado cabeceou na trave, aos 29.

Bem postado defensivamente, o Botafogo chegava em alguns lances, como chute de Luiz Fernando rente à trave. Mas o Flamengo pressionava, com Diego batendo cruzado para defesa de Jefferson, Geuvânio tirando tinta e Marlos Moreno obrigado Jefferson a salvar, aos 43, garantindo o placar e a classificação para a final.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.