Handebol

Brasil perde para a Dinamarca e se complica no Mundial de Handebol

Para se classificar, a Seleção precisa de uma vitória sobre Montenegro na última rodada.
Imirante Esporte, com informações da CBHb06/12/2017 às 21h21
Brasil perde para a Dinamarca e se complica no Mundial de Handebol

OLDENBURG (ALEMANHA) - Após mostrar uma defesa consistente e um ataque mais efetivo, o Brasil não conseguiu segurar a força da Dinamarca e acabou superado na quarta partida do Mundial Feminino de Handebol, em Oldenburg, na Alemanha. O placar final foi 20 a 22 (13 a 13 no primeiro tempo). Agora, a equipe precisa vencer Montenegro, na sexta-feira (8), às 14h45 (horário de Brasília), para garantir a classificação para as oitavas de final. A maranhense Ana Paula Rodrigues marcou seis gols e foi a artilheira do Brasil no confronto.

No grupo C, a Rússia lidera com oito pontos, a Dinamarca vem em seguida com seis, Montenegro em terceiro com quatro, o Brasil em quarto com três pontos, seguido por Japão também com três e a Tunísia em último sem nenhum ponto.

Este foi, definitivamente, o melhor primeiro tempo do Brasil até aqui na competição. A equipe entrou muito aguerrida em quadra, com uma defesa bem postada, que conseguiu neutralizar por bastante tempo os contra-ataques das dinamarquesas. O ataque brasileiro também melhorou consideravelmente com relação aos primeiros jogos. Com isso, o time conseguiu dominar o confronto desde o início. Apesar do placar sempre apertado, desta vez, quem teve que correr atrás do resultado foram as adversárias. O Brasil chegou a abrir uma vantagem de três gols, mas no final do primeiro tempo, a Dinamarca apertou e conseguiu garantir o empate.

Na segunda parte, alguns contra-ataques defendidos pela goleira dinamarquesa foram determinantes para a situação do Brasil mudasse no jogo. Elas conseguiram passar à frente no marcador, forçando a equipe verde e amarela a fazer contra-ataques mais rápidos e agressivos, que nem sempre tiveram resultado. No final ainda houveram chances de ao menos empatar, porém, sem êxito.

"Nós jogamos nosso melhor jogo do campeonato, mas não foi suficiente para ganhar. Tínhamos diante do nós um grande time. Mas, ainda temos a chance de ir para as oitavas, temos que ganhar de Montenegro. Vamos focar nisso agora", disse o técnico do Brasil, Jorge Dueñas.

A ponta direita Jéssica Quintino fez dois gols na partida de hoje e afirmou que a equipe entrou com a consciência da responsabilidade que tinha. "Sabíamos que hoje tínhamos que vencer para ir para as oitavas. Conversamos que precisávamos ser um time, ir juntas. Tínhamos que mostrar que éramos um bom time. Hoje brigamos, mostramos que estamos no campeonato e iremos lutar na sexta-feira para chegar às oitavas de final."

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.