Copa Suruga

As vésperas da partida, Chape treina no palco da decisão da Suruga

A equipe alviverde trabalhou em campo reduzido.
Imirante.com / com informações da assessoria14/08/2017 às 21h03

SURUGA - Nesta segunda-feira (14), a Chapecoense realizou o último treino antes da partida decisiva contra o Urawa Red Diamonds. No Estádio Saitama 2002 - palco da decisão da Suruga Bank 2017 - e no horário da partida - que será realizada às 19h no Japão - a equipe alviverde trabalhou em campo reduzido, com foco no aprimoramento da parte tática e nas jogadas de bola parada.

O técnico Vinícius Eutrópio, que concedeu entrevista coletiva na véspera da partida, falou sobre a dificuldade que espera do confronto contra a equipe japonesa, já que além do adversário de qualidade, a Chape tem o desafio do fuso horário e do desgaste pelas longas viagens. Ainda assim, o treinador acredita no resultado positivo. “Meu trabalho está há apenas 30 dias na equipe da Chapecoense, mas eu confio muito nos nossos jogadores pra que a gente possa fazer uma boa partida, conquistar o título e trazê-lo para o Brasil”, afirmou.

Para Eutrópio, a partida será de alto nível e muito equilíbrio, considerando a qualidade e as características tanto da Chapecoense quando do Urawa. Apodi, que teve uma passagem pelo Japão em 2011, também ressaltou a qualidade do adversário - que, inclusive, possui atletas da seleção nacional - mas afirmou que o grupo está focado em fazer uma grande partida e conquistar o título da Suruga.

Além da importância natural da partida - que reúne o Campeão da Copa Sul-Americana e o Campeão da Copa da Liga Japonesa -, para Vinícius Eutrópio, a Chape tem uma responsabilidade especial. “Nós temos que representar bem os que não puderam estar aqui. Isso aumenta o nosso desafio, porque ainda somos uma equipe jovem, jogando contra uma equipe que já está mais madura, mas também nos dá mais força para que possamos representar bem o Brasil”, finalizou. Se vencer a partida, a Chape será a segunda equipe brasileira a se sagrar campeã da competição. Até hoje, apenas o Internacional trouxe o título para o país, ao vencer o Oita Trinita em 2009.

Leia outras notícias em ImiranteEsporte.com. Siga, também, o Imirante no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal no Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do WhatsApp pelo telefone (98) 99209-2383.

© 2019 - Todos os direitos reservados.